Publicado 01 de Março de 2014 - 12h33

Por Agência Estado

Integrantes de vários grupos de sem-terra reunidos pela Frente Nacional de Lutas (FNL) invadiram 17 fazendas no Pontal do Paranapanema e Oeste Paulista na madrugada deste sábado (1), no chamado "carnaval vermelho". Entre as áreas ocupadas, está uma fazenda pertencente à Arquidiocese de Presidente Prudente, da Igreja Católica.

De acordo com José Rainha Júnior, articulador da frente e líder do MST da Base, o objetivo é chamar a atenção dos governos estadual e federal para o descaso com a reforma agrária. Um documento com reivindicações foi encaminhado à presidente Dilma Rousseff.

As áreas invadidas ficam nas regiões de Presidente Prudente, Dracena e Araçatuba. A meta anunciada por José Rainha é mobilizar três mil sem-terra e atingir 100 invasões durante o carnaval.

Escrito por:

Agência Estado