Publicado 02 de Março de 2014 - 13h36

Por France Presse

Ministério da Defesa deve organizar exercícios de treinamento com os reservistas dentro dos prazos estabelecidos pelo Estado Maior

AFP

Ministério da Defesa deve organizar exercícios de treinamento com os reservistas dentro dos prazos estabelecidos pelo Estado Maior

 A Ucrânia mobilizará seus reservistas para garantir a segurança e a integridade de seu território, anunciou, neste domingo (2), o diretor do Conselho de Segurança Nacional, após autorização do parlamento russo para o uso da força da Ucrânia.

O diretor do Conselho, Andreii Parubii, afirmou que o ministério da Defesa deve "chamar todos aqueles necessários pelas Forças Armadas neste momento".

O objetivo desta medida é, segundo informou, "garantir a segurança e a integridade territorial da Ucrânia", após "a violação dos acordos bilaterais por parte da Rússia, em especial sobre a frota do Mar Negro".

"O ministério da Defesa deve organizar exercícios de treinamento com os reservistas dentro dos prazos estabelecidos pelo Estado Maior do exército", acrescentou, sem dar mais detalhes. "Precisamos de um exército unido", disse.

A pedido do presidente russo, Vladimir Putin, o Senado do país aprovou, neste sábado, o uso das forças armadas no território ucraniano, "até que a situação política se estabilize na Ucrânia".

 

Veja também

Escrito por:

France Presse