Publicado 04 de Março de 2014 - 21h20

Por Vilma Gasques

Foram registrados 142 acidentes, com três vítimas fatais nas estradas da região de Campinas

Janaína Ribeiro/Especial a AAN

Foram registrados 142 acidentes, com três vítimas fatais nas estradas da região de Campinas

O movimento nas principais rodovias que cortam a região de Campinas na noite desta terça-feira (4), último dia de Carnaval, foi intenso. Pelo menos 1,2 milhão de veículos circularam pelas rodovias da região até à noite e foram registrados 142 acidentes, com três vítimas fatais.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária, durante o período de feriado prolongado, o tráfego de veículos aumentou, em média, 30% nas rodovias da região.

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes foram registrados pontos de lentidão durante a noite por conta do excesso de veículos. Entre a zero hora de sexta-feira (dia 28) até às 17h desta terça, circularam pelo sistema 734 mil veículos. Neste período, foram registrados 77 acidentes com 51 feridos. Uma pessoa morreu.

A concessionária CCR AutoBAn espera que até a manhã desta quarta-feira (5) o movimento seja intenso, totalizando o tráfego de 970 mil veículos no Sistema Anhanguera-Bandeirantes durante todo o Carnaval.

No mesmo feriado prolongado do ano passado o sistema registrou 114 acidentes, com 82 pessoas feridas e quatro mortos. O tráfego nas duas rodovias foi de 914 mil veículos.

Na Rodovia D. Pedro I o movimento também foi intenso, mas dentro do esperado pela concessionária Rota das Bandeiras. O fluxo de veículos desde o início do feriado até às 15h desta terça foi de quase 437 mil. A previsão da concessionária Rota das Bandeiras é de que até a meia-noite desta quarta o total de veículos trafegando pela D. Pedro I chegue a 584 mil.

Neste feriado de Carnaval a empresa contabilizou 36 acidentes no Corredor Dom Pedro, que provocaram ferimentos leves em 12 pessoas. Outra vítima teve ferimentos graves e em um dos acidentes uma pessoa morreu.

Durante o feriado prolongado de quatro dias, a SP-340, que liga Campinas a Mogi Mirim também teve um fluxo maior de veículos. No balanço parcial divulgado na noite desta terça, a concessionário Renovias informou que 114 mil veículos passaram pelo pedágio localizado entre Campinas e Jaguariúna.

O fluxo para esta quarta-feira de manhã ainda deve ser intenso e chegar a 122 mil veículos. No balanço da empresa que administra a via, até a noite desta terça foram registrados 29 acidentes, com 19 vítimas leves e três feridas gravemente. Uma pessoa morreu.

Já pela Rodovia SP-75, que liga Campinas a Itu a expectativa era de que 165 mil veículos circulassem durante o período de Carnaval. Porém, a concessionária Rodovia das Colinas não divulgou um balanço parcial do movimento.

Aeroporto

O fluxo de passageiros viajando de avião também foi maior neste período de Carnaval. De acordo com dados da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, cerca de 2,5 mil passageiros embarcaram e desembarcaram no terminal de Viracopos nesta terça-feira.

Esse número é 10% maior que em dias comuns, quando a média é de 25 mil pessoas.

As operações de pouso e decolagem também foram normais, com um registro de sete atrasos de cerca de 30 minutos, de um total de 200 decolagens.

Escrito por:

Vilma Gasques