Publicado 02 de Março de 2014 - 15h51

Por Alenita Ramirez

Um dos ladrões usa camiseta para tampar o rosto: prisão logo depois

Reprodução

Um dos ladrões usa camiseta para tampar o rosto: prisão logo depois

Os ajudantes identificados como Antônio Carlos da Costa, 35 anos, e Ramon Augusto Madureira, idade não informada, foram presos depois de uma série de ataque a pedradas em três estabelecimentos, no Jardim Flamboyant, em Campinas, na madrugada deste domingo (2). Na ação contra uma escola de idiomas a dupla foi flagrada pelo circuito interno de monitoramento (veja vídeo).

 

A dupla foi pega pela Polícia Militar (PM) que foi acionada por um vigilante de um dos comércios. Com os suspeitos foram apreendidos dois puxadores de metal, avaliados em R$ 150 cada.

O primeiro ataque ocorreu às 2h30 a um salão de cabeleireiro da Avenida José Bonifácio. Os suspeitos estouraram a grade da frente do estabelecimento e em seguida tentaram estourar a vidraça com um paralelipípedo.

 

Como não conseguiram, eles desistiram e atravessaram a avenida e atacaram uma escola de inglês, em frente ao salão. O vidro era temperado e se partiu por inteiro. A dupla tentou pegar computadores, mas os equipamentos estavam presos a cabos de aço. Como não conseguiram, eles pegaram dois teclados e os dois puxadores.

 

Costa e Madureira não desistiram e seguiram por cerca de 100 metros e atacaram um escritório de engenharia, momento que foram surpreendidos pelos policiais que já tinham sido avisados por um segurança.

 

"Só vou conseguir arrumar a porta de vidro na semana que vem. Enquanto isso vamos colocar tapume" , disse a empresária Lanna Waclawezyk. Este é o oitavo ataque à escola em quatro anos, segundo a empresária. Ela calcula um prejuízo de R$ 4 mil no arrombamento de ontem.

Escrito por:

Alenita Ramirez