Publicado 01 de Março de 2014 - 17h21

Por Vilma Gasquez

Trânsito ficou bem complicado na manhã deste sábado de Carnaval

Thiago Fonseca/AAN

Trânsito ficou bem complicado na manhã deste sábado de Carnaval

Um caminhão modelo baú da empresa Metalmax, que fabrica janelas e portas de metal, bateu e ficou enroscado no sinalizador que limita a altura máxima dos veículos que podem trafegar na Avenida John Boyd Dunlop sob o pontilhão da linha férrea da América Latina Logística (ALL), na altura do Jardim Florence.

 

O acidente aconteceu por volta das 10h deste sábado (1) e a pista ficou parcialmente interditada até às 13h30, momento em que o sinalizador danificado foi retirado do local. Nesse período, o congestionamento na avenida, sentido bairro-centro chegou a quase cinco quilômetros, com uma fila que ia até a Praça da Concórdia, no bairro Campo Grande.

 

O limite de altura para os veículos passarem pelo pontilhão, que está em obras para duplicação da linha férrea, é de 3,8 metros. Uma placa indicativa da altura máxima está posicionada do lado esquerdo da pista. "Mas o poste atrapalhou a minha visão e eu só ouvi o barulho. Sempre passo por aqui e não tenho problema porque entro no bairro antes do pontilhão. Só que o sinalizador estava colocado antes desse entrada do bairro" , argumenta Adair Miguel da Silva, motorista do caminhão.

Ele diz que a altura do caminhão é de quatro metros e o baú estava vazio.

 

 

A assessoria de imprensa da ALL informou que a responsabilidade pela sinalização na Avenida John Boyd Dunlop é da Prefeitura de Campinas, conforme projeto apresentado e aprovado para a duplicação da linha férrea. A assessoria de imprensa da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) informou que a sinalização deve ser feita pela ALL.

Escrito por:

Vilma Gasquez