Publicado 04 de Março de 2014 - 5h00

Por Correio Popular

Existe uma grande expectativa em todo o Brasil em relação à Copa do Mundo de futebol que acontecerá em junho. Entre todos os atrativos de um evento de repercussão internacional, a intensa movimentação de turistas e as atenções dos meios de comunicação de todo o mundo justificam os preparativos que acontecem em paralelo à organização do evento esportivo. Empresários de todos os setores investem e avaliam o potencial a ser explorado antes, durante e especialmente após o encerramento da Copa.

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) ocupa uma posição privilegiada no elenco de mobilizações em torno da realização do Mundial.

Ao servir de base e acomodação para as delegações de Portugal e Nigéria, Campinas se sobressai por sua importância e infraestrutura, podendo oferecer apoio logístico para as seleções e todo o estafe que as cercam, desde o acompanhamento técnico dos atletas, o assédio da imprensa, turistas e empresários.

Leva vantagem ainda quando computadas as possibilidades de mobilidade para outros centros onde ocorrerão as disputas: a rede rodoviária, o Aeroporto de Viracopos, a localização estratégica são argumentos que precisam ser apresentados à comunidade envolvida no evento da Copa do Mundo, capitalizando o interesse momentâneo de turistas de lazer e de negócios.

É corrente que os investimentos e a expectativa de retorno não se esgotam com a realização dos jogos, que ocupam um mês em contínuo processo de esvaziamento de eventos. O que se tem em vista é a projeção que a cidade pode alcançar para um público novo, de retorno imediato e de longo prazo.

Campinas necessita se inserir na agenda do turismo com força, aproveitando o potencial local e regional, programando ações de divulgação e preparando sistemas de atendimento ao público que circulará pela região nos dias de agitação.

É importante ter em vista que todos os esforços redundarão inúteis se não for oferecida a contrapartida das atrações que se possam oferecer. Se a estrutura hoteleira e as oportunidades de negócios estão em boas mãos, é preciso atentar para que o que se vai mostrar esteja ao nível de turismo internacional, em cidades limpas, organizadas, sinalizadas e com opções de transporte rápido e preparado. Se se atentar para todos os detalhes, o potencial de Campinas e região será suficiente para marcar o início de um legítimo roteiro de turismo internacional, consolidando sua vocação.

Escrito por:

Correio Popular