Publicado 05 de Março de 2014 - 10h59

Por Ricardo Fernandes

Cada título da coletânea possui um enredo único e características que irão prender a atenção dos jogadores por muitas horas

Divulgação

Cada título da coletânea possui um enredo único e características que irão prender a atenção dos jogadores por muitas horas

A Ubisoft anunciou o lançamento de Far Cry Compilation, edição especial com três grandes episódios da série: Far Cry 2, Far Cry 3 e Far Cry: Blood Dragon. Exclusiva para PlayStation 3, a coletânea chega por R$149,90.

Cada título da coletânea possui um enredo único e características que irão prender a atenção dos jogadores por muitas horas. Em cenários de mundo aberto, com narrativas envolventes e personagens memoráveis, Far Cry redefiniu o modo de jogar games de tiro em primeira pessoa.

Far Cry 2: Em um país africano devastado pela guerra civil, Far Cry 2 se passa no meio de uma disputa de poder entre duas facções rivais que querem assumir o governo local. Em más condições, com malária e precisando negociar com os dois lados envolvidos no conflito, o jogador se envolve em uma grande caçada pelo seu objetivo, o Chacal. Essa versão inclui o modo campanha completo e o multiplayer, além de ter sido remasterizada e já vir com todos os patches de atualização lançados.

 

Far Cry 3: Em uma ilha tropical sem leis, dominada pela violência e sofrimento humano, e onde a ilegalidade e o medo são as únicas certezas. É neste paraíso selvagem que os jogadores ditam o desenrolar da história, decidindo desde as lutas em que irão se meter até os lugares e inimigos que encontrarão ao longo do seu caminho. Essa versão do jogo inclui os modos campanha, multiplayer e cooperativo completos.

 

Far Cry Bood Dragon: O ano é 2007. Esse é o futuro. O jogador está na pele do sargento Rex Colt e a Terra foi devastada por uma guerra nuclear iniciada nos anos 90. Tudo que resta é pegar sua namorada, matar os bandidos e salvar o mundo. Repleta de diversão, essa versão possui o modo campanha single-player completo.

 

Escrito por:

Ricardo Fernandes