Publicado 18 de Fevereiro de 2014 - 22h45

Por José Ricardo Ferreira

O meia Breitner entrou e, com personalidade, marcou o gol de empate do XV: time reagiu nos último minutos

Antonio Trivelin/Gazeta de Piracicaba

O meia Breitner entrou e, com personalidade, marcou o gol de empate do XV: time reagiu nos último minutos

Pela nona rodada do Paulistão, o XV de Piracicaba empatou em 1 a 1 com o Mogi Mirim, na noite desta terça-feira (18), no estádio Romildo Ferreira, na casa do adversário. Com o resultado, o XV tem 11 pontos, na terceira colocação do Grupo B. O time volta a campo neste sábado (22), às 18h30, também fora, contra o Bragantino.

Com os retornos de Alan Bahia no meio, Adilson, na frente, e a novidade Mateus no gol, o XV começou pressionando, mas sem levar real perigo à defesa do Sapão, que procurava se armar para contra-atacar. Logo nos primeiros minutos, o lateral quinzista Paulo Henrique se lesionou e foi substituído pelo volante Juliano.

O primeiro tempo foi truncado e alternando alguns bons momentos do XV e do Sapão. Antes do apito final, o lateral Magal se lesionou e foi substituído por Olberdan, no Mogi.

No segundo tempo, o primeiro lance foi com o quinzista Adilson, que recebeu passe preciso de Alan Bahia e chutou para difícil defesa de Reinaldo.

Rivaldo - o campeão mundial e presidente do Mogi - entrou aos 10’ no lugar de Magrão. Curiosidade: ao lado do seu filho, Junior em campo. E deu resultado.

O XV teve nova chance aos 11’, com Alan Bahia, que acertou forte chute da intermediária, obrigando Reinaldo a mandar bola venenosa para escanteio. O Mogi não se intimidou e respondeu aos 22’. Juliano derrubou Serginho na área e o árbitro marcou pênalti para os anfitriões. O meia Helanardo bateu com categoria e fez 1 a 0. Em desvantagem, aos 30’, o técnico Edison Só sacou Danilo Sacramento e escalou Breitner, um meia mais rápido. E o jogador empatou para o Nhô Quim aos 42’. Cafu fez bela jogada, escapou da marcação e tocou para o meia, que se livrou do goleiro e empatou: 1 a 1.

O time comemorou o empate, mesmo sem ainda ter vencido fora de casa. Ainda nesta terça, a diretoria anunciou o atacante Junior Barros, 20, ex-Atlético Paranaense, o último reforço para a sequência do Paulistão.

Escrito por:

José Ricardo Ferreira