Publicado 20 de Fevereiro de 2014 - 21h57

Por Agência Estado

Leandro Damião se emociona ao marcar seu primeiro gol com a camisa santista

Ricardo Saibun/AE

Leandro Damião se emociona ao marcar seu primeiro gol com a camisa santista

O atacante Leandro Damião desencantou nesta quinta-feira (20), mas quem mais levantou a torcida presente na Vila Belmiro nesta noite foi Cícero. O meia empolgou as arquibancadas ao marcar o gol da suada vitória do Santos sobre o Atlético Sorocaba por 2 a 1, aos 45 minutos do segundo tempo.

O triunfo marcou a reabilitação do time de Oswaldo de Oliveira, depois da goleada de 4 a 1 sofrida diante do modesto Penapolense na rodada passada. Com a vitória, o time chegou aos 22 pontos e segue na liderança do Grupo C, com a segunda melhor campanha do Paulista, atrás somente do Palmeiras (23). Já o Atlético tem apenas cinco, na quinta e última colocação do Grupo A.

Ainda na ressaca da goleada sofrida no fim de semana, o Santos esteve longe de animar sua torcida na Vila Belmiro no primeiro tempo. As poucas chances criadas no ataque foram ofuscadas por fracas finalizações, que não deram maior trabalho ao goleiro Deola.

Aos 5, Cicinho gerou a primeira oportunidade ao invadir a área e bater com perigo para fora. Aos 13, foi a vez de Geuvânio mandar para fora. Mesmo sem brilhar, o Santos melhorava o passe e chegava com maior eficiência no ataque. Aos 27, Thiago Ribeiro tabelou com Cícero e mandou rente ao gol.

Aos 35, Cícero ameaçou o gol visitante em forte cabeçada. Desta vez, Deola precisou se esforçar para evitar o gol. Mais retraído o Atlético pouco investia no ataque. O lance mais perigoso para a defesa santista foi a falta de Neto sobre Matheus quase dentro da área, sem maiores consequências para o time da casa.

Depois do jogo morno na etapa inicial, o Santos cresceu no segundo tempo graças ao fim do jejum de Leandro Damião. Logo no primeiro minuto, Cicinho cruzou da direita, Cícero desviou e Leandro Damião, dentro da área, só completou para as redes. Aliviado, o atacante comemorou o primeiro gol com a camisa santista, em seu quarto jogo no Paulistão.

O gol de Damião empolgou a equipe da casa, que partiu para o ataque. Thiago Ribeiro, aos 8, e Gabriel, aos 9, quase marcaram o segundo. Aos 21, o Santos pediu pênalti em toque de mão de João Paulo dentro da área. O árbitro mandou o lance seguir.

O Atlético, porém, não desanimava. E aproveitava os vacilos da defesa santista para levar perigo no ataque. Depois de duas boas chances perdidas, o visitante buscou o empate aos 25. Danilo Alves tabelou na entrada da área e mandou para as redes. A bola desviou na zaga e venceu o goleiro Aranha.

Depois do gol, o Atlético ganhou confiança e passou a atacar com mais frequência. Aranha se segurou debaixo da trave para evitar a vitória do rival. Para piorar, perdeu Leandro Damião, retirado de campo de maca, aos 37. Perdido em campo e desperdiçando chances por conta de individualismo no ataque, o Santos acabou achando o gol da vitória quando Thiago Ribeiro levantou na área e Cícero cabeceou para as redes.

O triunfo suado deverá dar novo ânimo aos santistas para o clássico com o São Paulo, domingo (23), no Morumbi. O Atlético Sorocaba vai enfrentar o Paulista no mesmo dia, fora de casa.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 x 1 ATLÉTICO SOROCABA

SANTOS - Aranha; Cicinho, Jubal, Neto e Mena; Arouca, Cícero, Geuvânio (Rildo) e Leandrinho (Gabriel); Thiago Ribeiro e Leandro Damião (Stéfano Yuri). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO SOROCABA - Deola; Danilo Santos, Tiago e João Paulo; Ivan, Fernando, Douglas Packer (Boquita), Marcinho (Anderson Bartola) e Matheus; Michel e Danilo Alves (Éwerton). Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Leandro Damião, a 1, Danilo Alves, aos 25, e Cícero, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Ribeiro, Jubal, Rildo e Danilo Alves.

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho.

RENDA - R$ 124.053,00.

PÚBLICO - 4.553 pagantes.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).L

Escrito por:

Agência Estado