Publicado 22 de Fevereiro de 2014 - 5h30

O corte no Orçamento da União, na ordem de R$ 44 bilhões anunciados pelo governo esta semana, deixou muitos prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) de cabelo em pé. Isso porque existe uma previsão de redução nos recursos destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), calculada em R$ 7 bilhões. Campinas, por exemplo, espera abocanhar mais uma fatia de recursos federais este ano para um novo programa de pavimentação.