Publicado 19 de Fevereiro de 2014 - 5h30

Dois dos clubes de mais tradição do interior paulista, Guarani e Ferroviária se enfrentam hoje, às 20h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, dispostos a refletir na tabela de classificação da Série A2 a grandeza que ambos construíram ao longo da história. Em busca de dias melhores e da volta à elite, Bugre e Ferrinha jogam pela 8 rodada e perseguem o G4. O alviverde é o 6 com 11 pontos, enquanto a Locomotiva de Araraquara aparece na 9 posição, com 10.Sonhando com a entrada no restrito grupo de equipes que garantem o acesso, o Bugre conta com a evolução e a confiança obtidas na vitória sobre o Barueri na última rodada. "Sabemos que vamos enfrentar uma equipe forte, que também é concorrente ao acesso", alerta o técnico Márcio Fernandes.O meia Fumagalli endossa o discurso do treinador e pede inteligência ao time. "A equipe vem de uma partida consistente e isso dá mais confiança. A Ferroviária também vai brigar lá em cima e, por isso, as dificuldades serão ainda maiores. Mas estamos confiantes. Temos que ter consciência e tranquilidade pois com a vitória esperamos entrar no G4 para não sair mais", destaca. O Bugre soma 11 pontos, um a menos que o Batatais, o primeiro time do grupo de acesso.Fumagalli é um dos que conhecem bem o adversário. Foi em Araraquara que o jogador deu seus primeiros passos no futebol. E, neste primeiro encontro contra o ex-clube, ele espera sair vitorioso. "Tenho grandes lembranças e muito gratidão de lá. O carinho é grande, mas agora estou do outro lado e necessitamos dessa vitória", destaca.Para o confronto, o técnico Márcio Fernandes mais uma vez não poderá repetir a equipe. Um desfalque está confirmado. É o volante Diego Souza, que sofreu um desconforto muscular na coxa, está vetado e deverá ser substituído por Eduardo Eré. Já o lateral-esquerdo Julinho, que atuou no meio-campo no último jogo, foi liberado para acompanhar o nascimento do filho em Florianópolis e sua participação na partida de hoje é incerta. Caso ele não atue, o meia Esquerdinha pode fazer sua estreia. Ele está regularizado e ontem atuou entre os titulares em parte do treino. Se essa for a alternativa escolhida, o Guarani mantém a formação com dois meias de criação e dois atacantes. "Sempre procurei um jogador que pudesse fazer a ligação junto com o Fumagalli. Tivemos o Julinho, mas agora temos que aguardar uma definição", explica o técnico.

Bugrinos terão pela frente um ataque de respeito

O confronto de hoje em Bragança Paulista colocará frente a frente um dos melhores ataques contra uma das mais eficientes defesas da Série A2 do Paulista. E se quiser manter a baixa média de gols sofridos (hoje em 0,71), a retaguarda do Guarani precisará ficar de olho em dois jogadores da Ferroviária. A missão principal será frear o ímpeto de Alan Mineiro e Jônatas Obina.

Os dois são responsáveis diretos por nada menos do que 75% dos gols da Ferrinha — juntos, marcaram nove dos 12 anotados pelo time. Assim, ambos figuram entre os principais artilheiros da competição. Obina é o segundo no topo de goleadores com cinco gols, enquanto Alan Mineiro marcou um a menos. À frente deles está apenas Helton, do São Bento, com sete.

Diante dos números positivos da linha de frente adversária, os bugrinos sabem que a atenção terá de ser redobrada. "Temos que tomar muito cuidado para não facilitar em nenhum momento. Se facilitar, corremos o risco de sermos surpreendidos", alerta o técnico Márcio Fernandes.

Na Ferroviária, o volante Acleisson, o lateral-esquerdo Roberto e o zagueiro Sandoval cumpriram suspensão na última rodada e estão de volta. Além deles, o técnico Vilson Tadei, que já dirigiu o Guarani, espera contar com o atacante Wilson Júnior, liberado pelo departamento médico. "Esse duelo com o Guarani é de fundamental importância. É um adversário direto, que está à frente, e que se vencermos ultrapassamos na classificação", diz Tadei. (CR/AAN)

NO BRINCO

Por um Futebol Melhor

Comemorando um ano de existência, o Movimento Por um Futebol Melhor divulgou na última segunda-feira alguns dos números do projeto. O Guarani, que entrou com o programa já em andamento, é o 32 entre 45 participantes, com 1.158 sócios torcedores.

Novidades

O Movimento Por um Futebol Melhor terá novidades para 2014. Cinco novas empresas passam a oferecer benefícios e, a partir de agora, os sócios torcedores também concorrerão a carro, ingressos para a Copa, vale-compras, vale-combustível. No total, 687.376 torcedores já aderiram ao projeto.

GUARANI

Douglas; Jefferson Feijão, Gustavo Bastos, Jorge Luiz e Jefferson; Ricardo Oliveira, Eduardo Eré, Esquerdinha e Fumagalli; Roninho e Fabinho. Técnico: Márcio Fernandes.

TV

8h: Jogos de Inverno - Esqui alpino (SporTV)

9h: Jogos de Inverno - Cross country (SporTV 2)

9h10 - Jogos de Inverno (Band)

9h45: Jogos de Inverno - Hóquei no gelo (SporTV 2)

10h: Tênis - Rio Open (SporTV 3)

10H30: Jogos de Inverno - Patinação de velocidade (SporTV 2 e BandSports)

12h: Jogos de Inverno – Biatlo (SporTV)

12h30: Jogos de Inverno - Patinação artística (SporTV 2 e BandSports)

14h: Tênis - Rio Open (SporTV 3)

14h: Golfe - PGA Tour (ESPN+)

16h: Jogos de Inverno - Patinação artística (SporTV)

16h30: Tênis - Rio Open

(SporTV 2)

16h45: Liga dos Campeões - Milan x Atlético de Madrid (Band)

16h45: Liga dos Campeões - Arsenal x Bayern de Munique (ESPN Brasil)

19h: Tênis - Rio Open (SporTV 2)

19h30: Libertadores - Defensor x Real Garcilaso (Fox Sports 2)

19h30: Ponte Preta x Linense (SporTV)

21h: Tênis - Rio Open (SporTV 2)

21h45: Bolívar x Léon (SporTV e Fox Sports)

21h45: Libertadores - O'Higgins x Deportivo Cali (Fox Sports 2)

22h: Oeste x Corinthians (Globo e Band)

0h30: NBA - LA Lakers x Houston Rockets (ESPN)