Publicado 03 de Março de 2014 - 5h00

O Banco de Sangue do Hospital Municipal Dr Waldemar Tebaldi, em Americana, pede aos doadores e novos voluntários que compareçam ao banco após o Carnaval. Até a festa popular o estoque está normalizado, mas a tendência é que o nível tenha queda de até 50% depois do feriado, o que pode comprometer o estoque.

 

A hematologista Fernanda Orsi informou que o Banco de Sangue tem realizado campanhas durante os sábados para empresas, e que por isso conseguiu garantir o estoque para o Carnaval. “A nossa preocupação tem sido com o pós-carnaval quando as doações chegam a cair de 30 a 50%. A dificuldade pode se estender até o meio de março porque os voluntários não retornam para fazer novas doações", explicou. "Estamos convocando os doadores assíduos, mas contamos com a ação voluntária de todos”, completou.

 

O Banco de Sangue precisa diariamente de todo o tipo sanguíneo, por isso a médica ressaltou a importância do ato. "Além da ação voluntária, os doadores são orientados quanto a vacina contra Hepatite B, oferecida gratuitamente em todos os postos médicos da cidade. Ela é destinada também aos doadores de sangue, basta apresentar o último comprovante de doação.” O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária dos doadores que agora podem ter idade entre 18 e 69 anos. Para fazer a doação de sangue, é necessário apresentar documento com foto e ter peso acima de 50 quilos. Não é necessário ir em jejum, é preciso fazer um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação, não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores, evitar fumar por pelo menos 4 horas antes da doação e evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes.