Publicado 19 de Fevereiro de 2014 - 19h11

Bando armado com fuzis invadiu o Shopping Serra Azul, às margens da Rodovia dos Bandeirantes e explodiu caixas eletrônicos

Dominique Torquato/AAN

Bando armado com fuzis invadiu o Shopping Serra Azul, às margens da Rodovia dos Bandeirantes e explodiu caixas eletrônicos

Um bando armado com fuzis invadiu o Shopping Serra Azul, às margens da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) no Km 72, em Itupeva, e explodiu caixas eletrônicos dentro e fora do local, na madrugada desta quarta-feira (19).

O vigilante do estabelecimento foi rendido durante a ação e três lojas sofreram danos nas vitrines, produtos e estrutura. Os bancos Bradesco e Santander ainda levantam o prejuízo mas, segundo a Polícia Civil, cerca de R$ 45 mil foram levados de um dos terminais. Outros R$ 1.020 em notas foram deixados para trás e apreendidos.

O crime ocorreu por volta das 1h30. Dois dos bandidos encapuzados arrombaram uma das portas do shopping e fizeram o vigia E.S., 44 anos, que estava do lado de dentro, de refém.

O delegado Elias Ribeiro Evangelista, conta que a vítima ouviu duas explosões simultâneas. "Foram pelo menos 7 bandidos, que ainda tentaram forçar um 3º caixa da rede 24h com pé de cabra, mas não conseguiram", diz.

"Estamos levantando os carros suspeitos usados na fuga e aguardamos as imagens das câmeras de segurança."

A força da explosão estourou vitrines, forro do teto e o sistema hidráulico de um banheiro, que ficou interditado. A loja de decoração estima um prejuízo de cerca de R$ 40 mil, já que diversas peças foram danificadas, incluindo uma no valor de R$ 15 mil.

O dono de uma loja de presentes, André Ricardo, conta que a proteção de ferro de um dos caixas voou pela vitrine e danificou o balcão e itens do local.

"Vamos arrumar tudo e depois tentar um ressarcimento, já que estimamos um prejuízo de R$ 15 mil", comenta. Na loja de travesseiros, que fica ao lado do banheiro, a parede ficou rachada e alguns produtos foram molhados.

Sem resposta

A reportagem tentou o contato com o shopping, mas nenhum representante foi encontrado para comentar o caso. Segundo a Polícia Civil, o caixa eletrônico que fica do lado de fora do local já sofreu duas tentativas de explosão frustradas, a última há cerca de 1 ano e meio.