Publicado 06 de Fevereiro de 2014 - 13h27

Por Da redação

Veículos trafegando na terça-feira (4) no leito do rio Piracicaba, que secou

Antonio Trivelin/Gazeta de Piracicaba

Veículos trafegando na terça-feira (4) no leito do rio Piracicaba, que secou

Devido à escassez de água o Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ) estabeleceu nesta quinta-feira (6) um comitê de crise. Caso não chova nos próximos dias, a água disponível na região será suficiente só por mais 80 dias. A medida de criar o comitê foi tomada em uma reunião do Grupo de Eventos Extremos do PCJ.

Também foi decidido que o consócio pedirá uma análise para que parte de água do Sistema Cantareira, que vai para o Alto Tietê, onde está a Grande São Paulo, seja revertida para o Consórcio Intermunicipal.

Além de membros do PCJ, participaram da reunião integrantes da Diretoria do consórcio, do conselho discal da entidade e do conselho de consorciados.

O PCJ diz que o momento é de unir esforços, e vem alertando e conscientizando a população sobre a estiagem fora de época e a necessidade de economizar o líquido.

Veja também

 

Escrito por:

Da redação