Publicado 20 de Fevereiro de 2014 - 1h06

Por Agência Estado

Thomaz Bellucci é o principal tenista brasileiro na atualidade, mas ocupa apenas a 130ª posição no ranking mundial

Fábio Motta/AE

Thomaz Bellucci é o principal tenista brasileiro na atualidade, mas ocupa apenas a 130ª posição no ranking mundial

Assim como já tinha acontecido na estreia, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci ganhou de virada na noite desta quarta-feira (19) e garantiu presença nas quartas de final do Rio Open, principal torneio de tênis do Brasil. Dessa vez, ele derrotou o argentino Juan Monaco por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/3.

Bellucci é o principal tenista brasileiro na atualidade, mas, como ocupa apenas a 130ª posição no ranking mundial, precisou de um convite da organização para entrar na chave principal do torneio no Rio. E, com o apoio da torcida, já somou duas vitórias nas quadras de saibro montadas no Jockey Club Brasileiro.

Na estreia da última segunda-feira (17), Bellucci enfrentou o colombiano Santiago Giraldo, que está na 60ª posição do ranking, e ganhou por 3/6, 6/4 e 6/3. Já pela segunda rodada do torneio, ele jogou na noite desta quarta contra o número 42 do mundo e também conseguiu a virada, após 2 horas e 1 minuto de disputa.

Agora, Bellucci vai encarar o espanhol David Ferrer, atual número 4 do mundo, que derrotou o argentino Federico Delbonis por 2 a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/1 em 1 hora e 26 minutos.

DUPLAS - Na chave de duplas masculinas do Rio Open, o Brasil somou uma vitória e uma derrota nesta quarta. Jogando ao lado do espanhol David Marrero, o brasileiro Marcelo Melo ganhou dos alemães Andre Begemann e Martin Emmrich por 7/6 (7/4) e 7/5 e conseguiu avançar para a segunda rodada do torneio.

Os próximos adversários de Marcelo Melo serão o uruguaio Pablo Cuevas e o argentino Horacio Zeballos, que eliminaram uma dupla brasileira nesta quarta. Diante da parceria formada por João Souza e Marcelo Demoliner, eles ganharam por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, e se garantiram na segunda rodada.

Escrito por:

Agência Estado