Publicado 02 de Março de 2014 - 16h09

Por Paulo Campos

Capa Oscar

Divulgação

Capa Oscar

Para entender o Oscar deste ano é preciso lembrar a premiação de 2013. A afirmação é baseada no fato que após 6 anos as principais estatuetas, Filme e Diretor, saÍram para filmes diferentes: 'Argo' e 'As Aventuras de Pi' (Ang Lee). Este ano, 'Gravidade' e '12 Anos de Escravidão', dividem os holofotes e as apostas. Entenda porque o Oscar está equilibrado e quais as surpresas podem aparecer por cada filme.

 

A 86ª edição acontece neste domingo (2), no Teatro Dolby, em Hollywood, na Califórnia. A cerimônia será apresentada pela comediante Ellen DeGeneres que já havia sido anfitriã na cerimônia de 2007.

12 ANOS DE ESCRAVIDÃO

Apontado como favorito por muitos, o longa é um drama que conta a história de Solomon Northup, um negro livre nascido no Estado de Nova Iorque que foi sequestrado em Washington e vendido como escravo. Ele trabalhou em plantações no estado de Louisiana por 12 anos antes de sua libertação.

 

 

O diretor do filme, Steve McQueen, talvez tivesse alguma chance caso Alfonso Cuarón, de 'Gravidade', não tivesse ganhado todos os prêmios que disputou até agora, incluindo o Sindicato de Diretores e o Globo de Ouro.

O filme foi indicado em nove categorias, entre elas, a de melhor ator. Chiwetel Ejiofor mostra competência e carrega o filme que levanta os vários tipos de escravidão existentes da colonização norte-americana até os dias de hoje. Na analogia, ele seria o 'Argo', de 2014. Outro ponto forte do filme é o nome de Brad Pitt na produção.

Em 2013, 'Django' e 'Lincoln' abordaram o tema, mas não levaram o grande prêmio.

GRAVIDADE

Já o filme 'Gravidade' tenta provar que filmes filmados e distribuídos em 3D já possuem um espaço na academia. A película de ficção científica conta como a astronauta vivida por Sandra Bullock sobrevive em um ambiente inóspito após seu ônibus espacial ser danificado.

O longa possui um roteiro fraco e sofre com a falta de elenco. Porém, como já dito, a direção e os prêmios técnicos da cerimônia são as apostas mais certas. Vale ressaltar que Bullock ganhou uma estatueta recentemente por 'Um Sonho Possível', em 2010.

O tabu fica por conta de nenhum filme de temática espacial, como '2001-Uma Odisséia no Espaço', 'Star Wars', 'Apolo 13' e 'Os Eleitos', ter recebido o grande prêmio.

TRAPAÇA

Com 10 indicações, o filme dirigido por David O. Russell é baseado em uma história real e ambientado nos anos 70. Assim como Argo trata-se de um filme de golpe e um elenco recheado de estrelas. Christian Bale e Amy Adams são dois vigaristas que são forçados por um agente do FBI (Bradley Cooper) para configurarem uma operação policial elaborado em políticos corruptos. Jennifer Lawrence integra o elenco como a esposa do personagem de Bale.

O longa venceu o Globo de Ouro mas vem perdendo força para filmes como '12 anos de escravidão' e 'Clube de Compras Dallas'. Um fato que deve ser levado em conta é que esta é a 15ª vez que um filme conta com pelo menos um representante em cada categorias de ator. Ano passado, Russell, conseguiu o mesmo feito com 'O Lado Bom da Vida'. Em todas as vezes que isso aconteceu, pelo menos um saiu vencedor. Se tiver que apostar em alguém seria Bradley Cooper e Amy Adams, nesta sequência. Neste ano, Russel chegou a marca de três indicações em quatro anos.

CLUBE DE COMPRA DALLAS

O roteiro é baseado na vida de Ron Woodroof, um eletricista heterossexual de Dallas que foi diagnosticado com Aids em 1985. O longa retrata o início da doença em que o personagem vivido por Matthew McConaughey luta contra a doença, seu preconceito e busca uma forma de vender os primeiros coquetéis anti-virais. O ator emagreceu 20 quilos para viver o personagem. Sua atuação foi digna de elogios da crítica mundial e muitos dizem que essa é a oportunidade de reinventar sua carreira e deixar os filmes 'água com açúcar' no passado.

Vale lembrar que o Oscar já premiou diversos atores que mudaram seu corpo, seja engordando ou emagrecendo para entrar no papel principal. Podemos citar Charlize Theron, em 'Monster', e Christian Bale por 'O lutador'.

Conhecido como vocalista da banda 30 Seconds to Mars e diversos papeis no cinema, Jared Leto vive Rayon, um transexual que ajuda Ron a vencer a homofobia e estabelecer uma relação de amizade. Leto é favorito na categoria de Ator Coadjuvante ganhando todos os grandes prêmios que disputou até agora.

LOBO DE WALL STREET

Pela quinta vez, a dobradinha entre Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio rendeu um ótimo filme. Baseado em um best-seller homonimo, o filme conta como um corretor de títulos de Nova York dirige uma firma, a Stratton Oakmont e praticava fraudes de seguro e corrupção em Wall Street na década de 1990. Vencedor em 2007, por Os Infiltrados, Martin Scorsese dificilmente irá receber outra honra em tão pouco tempo.

Pela primeira vez, DiCaprio surge como forte candidato a estatueta de Melhor Ator. A 'pedra em seu sapato', chama-se Matthew McConaughey como já citei acima. Esta é a quarta vez que ele concorre a um Oscar. Suas indicações anteriores foram por 'Diamantes de Sangue', 'O Aviador' e 'Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador'.

Em sua melhor perfomace, Jonah Hill merece destaque e 'corre por fora' no prêmio de Ator Coadjuvante. Caso ganhe, não será nenhuma surpresa.

BLUE JASMINE

Cate Blanchett é o nome que move o filme dirigido por Woody Allen. Sua atuação impecável permite ser apontada como favorita na categoria de Melhor Atriz. Detalhe: ela venceu todos os prêmios que competiu. O drama conta as experiências de Jasmine, uma socialite de Manhattan que, ao cair na pobreza e falta de moradia, tem de enfrentar a situação de conviver com a irmã cafona Ginger, vivida por Sally Hawkins, que concorre como Melhor Atriz Coadjuvante.

ELA

A comédia dramática foi escrita, dirigido e produzida por Spike Jonze. O filme gira em torno de um homem (Joaquin Phoenix) que desenvolve uma relação com um sistema operacional inteligente de computador, com uma voz feminina e personalidade (Scarlett Johansson). O longa compete em quatro categorias, além de Melhor Filme, Melhor roteiro original, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor canção original e Melhor direção de arte. A falta de elenco e diretor faz o filme ser considerado um dos mais fracos na disputa.

 

CAPITÃO PHILIPS

O filme de ação e suspense dirigido por Paul Greengrass e estrelado por Tom Hanks conta como um marinheiro foi levado como refém por piratas somalis durante o sequestro do Maersk Alabama, em 2009. O problema do longa é o mesmo de 'Ela', não ter diretor e ator indicado. Apesar de ter seis indicações, a mais expressiva é a do novato Barkhad Abdi como Ator Coadjuvante. As demais são prêmios técnicos que devem ficar com 'Gravidade'.

NEBRASKA

Assim como Spike Jonze e David O. Russell, a presença de Alexander Payne tem se tornado frequente nas últimas premiações. Conhecido por 'Os descendentes' e 'Sideways - Entre umas e outras' ele dirige um 'road movie' em preto e branco, em que o personagem sai em busca de um prêmio milionário e acaba aproximando de sua família. O filme, que concorre em seis indicações, mantém a marca de Payne, o tom de sátira a sociedade americana contemporânea.

PHILOMENA

Judi Dench vive uma jovem que tem um filho recém-nascido quando é mandada para um convento. Sem poder levar a criança, ela o dá para adoção. E após sair do convento busca seu filho. A atriz de 79 anos já venceu em 1999 por Shakespeare Apaixonado e concorre por Melhor Atriz, porém com poucas chances.

ÁLBUM DE FAMÍLIA

As duas indicações do filme estão apenas em Meryl Streep, que concorre ao seu 18º prêmio, e em Julia Roberts, na de Melhor Atriz Coadjuvante. Ambas já levaram uma estatueta para casa e devem apenas figurar na galeria dos vestidos do tapete vermelho.

LISTA COMPLETA:

Melhor filme:

12 Anos de Escravidão

Gravidade

Clube de Compras Dallas

Trapaça

Capitão Phillips

Ela

Nebraska

Philomena

O Lobo de Wall Street

Melhor ator:

Chiwetel Ejiopor, por 12 Anos de Escravidão

Leonardo DiCaprio, por O Lobo de Wall Street

Christian Bale, por Trapaça

Bruce Dern, por Mandela: Long Walk to Freedom

Matthew McConaughey, por Clube de Compras Dallas

Melhor atriz:

Amy Adams, por Trapaça

Cate Blanchett, por Blue Jasmine

Sandra Bullock, por Gravidade

Judi Dench, por Philomena

Meryl Streep, por Álbum de Família

Melhor ator coadjuvante:

Barkhad Abdi, por Capitão Phillips

Bradley Cooper, por Trapaça

Jonah Hill, por O Lobo de Wall Street

Michael Fassbender, por 12 Anos de Escravidão

Jared Leto, por Clube de Compras Dallas

Melhor atriz coadjuvante:

Sally Hawkins, por Blue Jasmine

Julia Roberts, por Álbum de Família

Lupita Nyong'o, por 12 Anos de Escravidão

Jennifer Lawrence, por Trapaça

June Squibb, por Nebraska

Melhor diretor:

Alfonso Cuarón, por Gravidade

Steve McQueen, por 12 Anos de Escravidão

David O. Russell, por Trapaça

Martin Scorsese, por O Lobo de Wall Street

Alexander Payne, por Nebraska

Melhor roteiro original:

Trapaça: Eric Singer, David O. Russell

Blue Jasmine: Woody Allen

Ela: Spike Jonze

Nebraska: Bob Nelson

Clube de Compras Dallas: Craig Borten, Melisa Wallack

Melhor roteiro adaptado:

Antes da Meia-Noite: Richard Linklater

Capitão Phillips: Billy Ray

12 Anos de Escravidão: John Ridley

O Lobo de Wall Street: Terence Winter

Philomena: Steven Coogan

Melhor animação:

Os Croods

Meu Malvado Favorito 2

Ernest et Célestine

Frozen: Uma Aventura Congelante

Vidas ao Vento

Melhor filme estrangeiro:

Alabama Monroe (Bélgica)

L'image manquante(Camboja)

A caça (Dinamarca)

A Grande Beleza (Itália)

Omar (Palestina)

Melhor documentário:

O Ato de Matar

Cutie and the Boxer

Guerras Sujas

Al Midan

A Um Passo do Estrelato

Melhor curta:

Aquel no era yo

Avant que de tout perdre

Helium

Do I Have to Take Care of Everything?

The Voorman Problem:

Melhor canção:

Meu Malvado Favorito 2: Pharrell Williams ("Happy")

Frozen: Uma Aventura Congelante: Kristen Anderson-Lopez, Robert Lopez ("Let It Go")

Mandela: Long Walk to Freedom (2013): Bono, Adam Clayton, The Edge, Larry Mullen Jr., Brian Burton("Ordinary Love")

Ela: Karen O ("The Moon Song")

Melhor fotografia:

Gravidade

Inside Llewyn Davis - Balada de Um Homem Comum:

Nebraskal

Os Suspeitos

O Grande Mestre

Melhor edição:

12 Anos de Escravidão: Joe Walker

Trapaça: Alan Baumgarten, Jay Cassidy, Crispin Struthers

Gravidade: Alfonso Cuarón, Mark Sanger

Capitão Phillips: Christopher Rouse

Clube de Compras Dallas : Martin Pensa, John Mac McMurphy

Melhor design de produção:

12 Anos de Escravidão

Trapaça

Gravidade

O Grande Gatsby

Ela

Melhor figurino:

Trapaça

O Grande Gatsby

12 Anos de Escravidão

O Grande Mestre

The Invisible Woman

Melhor maquiagem:

Clube de Compras Dallas

Jackass Apresenta: Vovô Sem Vergonha

O Cavaleiro Solitário

Melhor trilha sonora:

A Menina que Roubava Livros:

Gravidade

Ela

Walt nos Bastidores de Mary Poppins

Philomena

Melhores efeitos especiais:

Gravidade

O Hobbit: A Desolação de Smaug

Homem de Ferro 3

O Cavaleiro Solitário

Além da Escuridão: Star Trek

Melhor curta de animação:

Feral

É Hora de Viajar

Mr Hublot

Possessions

Melhor mixagem de som:

Gravidade

O Hobbit: A Desolação de Smaug

Capitão Phillips

Inside Llewyn Davis - Balada de Um Homem Comum

O Grande Herói

Melhor edição de som:

Até o fim

Capitão Phillips

Gravidade

O Hobbit: A Desolação de Smaug

O Grande Herói

 

 

Veja também

Escrito por:

Paulo Campos