Publicado 11 de Fevereiro de 2014 - 20h56

Suzane von Richthofen cumpre pena no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo

Divulgação

Suzane von Richthofen cumpre pena no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo

Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitaram nesta terça-feira (11), um pedido para que Suzane von Richthofen receba pensão alimentícia do espólio dos pais.

 

A ex-estudante cumpre pena no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, por envolvimento com o assassinato dos próprios pais. Durante o julgamento, o relator do caso no STJ, ministro Luis Felipe Salomão, observou que o pagamento de pensão só seria obrigatório se estabelecido anteriormente à morte.

 

O ministro também ressaltou que Suzane é maior de idade. No pedido analisado pelos ministros do STJ, Suzane sustentou que está em situação de total abandono. Por esse motivo, precisaria de uma pensão para adquirir artigos de higiene, roupas, alimentos e medicamentos.