Publicado 28 de Fevereiro de 2014 - 11h10

Por France Press

Cientistas estudam sobre a idade do Grand Canyon, nos Estados Unidos

France Press

Cientistas estudam sobre a idade do Grand Canyon, nos Estados Unidos

O Grand Canyon do Colorado começou a se formar há pelo menos 50 milhões de anos, mas concluiu seu crescimento apenas muito recentemente, afirma um estudo que tenta reconciliar as teses contraditórias sobre a idade dessa maravilha da natureza do Oeste americano. A questão é alvo de inflamados debates há mais de um século. Os cientistas se enfrentam para provar que esse grande vale é muito mais antigo do que se pensa (até 70 milhões de anos), ou, ao contrário, que é extremamente jovem na escala geológica, com apenas de 5 a 6 milhões de anos.

"Para testar e reconciliar os modelos conflituosos sobre a datação do Grand Canyon", Karl Karlstrom, da Universidade do Novo México em Albuquerque, e sua equipe decidiram levar em consideração todos os dados geológicos e a "termocronologia" de todo o conjunto.

A termocronologia permite reconstituir a evolução das temperaturas de um certo tipo de rocha - a apatita - e datar o momento de sua subida à superfície sob a ação do rio que erodiu o solo e formou o Canyon.

Segundo o estudo, publicado no final de janeiro na revista "Nature Geoscience", uma garganta situada no meio do Grand Canyon, o segmento "Hurricane" (furacão, em português), é particularmente "antigo" e foi talhado na rocha há 50-70 milhões de anos por um rio hoje desaparecido.

Escavado por um outro rio arcaico, o segmento vizinho "Eastern Grand Canyon" teria uma idade "intermediária", entre 15 e 25 milhões de anos.

E foi apenas recentemente, algo entre 5 e 6 milhões de anos, que o rio Colorado se integrou à paisagem, escavando as duas extremidades do Grand Canyon - "Marble Canyon", ao leste, e "Westernmost Grand Canyon", a oeste.

Segundo os pesquisadores, as gargantas não teriam parado de aumentar, desde então, sob o efeito da erosão, entre 100 a 200 metros por milhão de anos até serem, finalmente, interconectadas e chegarem ao Grand Canyon tal como é conhecido hoje.

Atração turística bastante popular, o Grand Canyon se estende por 446 quilômetros, com largura máxima de quase 29 quilômetros e até 1.850 metros de profundidade.

Escrito por:

France Press