Publicado 20 de Fevereiro de 2014 - 14h05

Por France Press

Manifestante ucraniano atira com estilingue contra policiais

France Press

Manifestante ucraniano atira com estilingue contra policiais

Imagens registradas por um meio de comunicação ucraniano mostram um homem, aparentemente membro das forças de segurança, atirando com um fuzil de assalto Kalashnikov contra um alvo não identificado, no centro de Kiev.

Os manifestantes acusam as forças de segurança de disparar balas de verdade contra eles nesta quinta-feira de manhã, matando mais de 60 pessoas.

Jornalistas da AFP contabilizaram 25 corpos nas ruas.

Nas imagens gravadas pela Radio Svoboda, a filial ucraniana do grupo Radio Free Europe/Radio Liberty, é possível ver uma dúzia de homens em uniforme preto com braçadeiras amarelas.

Dois deles portam a inscrição Berkut, em alfabeto ucraniano, claramente visível na parte de trás de seus uniformes.

O Berkut é uma unidade especial da polícia de choque ucraniana, particularmente odiada e temida pelos manifestantes.

Um membro da mesma unidade pode ser visto deitado, olho colado à mira de seu fuzil.

Os homens se posicionam atrás de alguns sacos de areia empilhados uns sobre os outros, como é costume entre os manifestantes em Kiev para montar uma barricada.

Um deles, com um rifle de assalto Kalashnikov, atira deliberadamente duas vezes antes de se afastar lentamente. Outros tiros de armas de fogo são audíveis ao fundo.

O atirador não parece estar correndo risco.

O Ministério do Interior reconheceu que a polícia usou suas armas de fogo em "legítima defesa".

As imagens não permitem determinar em quem o policial atirou, nem onde as imagens foram gravadas, mas segundo a Radio Svoboda elas foram filmadas na rua Institutska, no momento da retirada das forças de segurança.

A Radio Free Europe é um grupo privado financiado pelo Congresso dos Estados Unidos.

 

Veja também

Escrito por:

France Press