Publicado 03 de Fevereiro de 2014 - 9h23

Por France Press

Manifestantes desocupam ministério em Kiev, na Ucrânia

France Press

Manifestantes desocupam ministério em Kiev, na Ucrânia

A Rússia pediu nesta segunda-feira (3) à oposição ucraniana que desista das ameaças e ultimatos para permitir que a Ucrânia saia da crise profunda em que se encontra desde novembro, depois da desistência de Kiev de se aproximar da União Europeia.

 

"Esperamos que a oposição na Ucrânia renuncie às ameaças e ultimatos e intensifique o diálogo com as autoridades para que o país possa sair da crise profunda, mantendo-se dentro do marco constitucional", assinalou o ministério russo das Relações Exteriores em um comunicado.

Escrito por:

France Press