Publicado 22 de Fevereiro de 2014 - 21h44

Por Agência Estado

O quarteto do Brasil é formado por Edson Martins, Edson Bindilatti, Fábio Gonçalves e Odirlei Pessoni

France Press

O quarteto do Brasil é formado por Edson Martins, Edson Bindilatti, Fábio Gonçalves e Odirlei Pessoni

O Brasil superou as suas expectativas, neste sábado (22), no primeiro dia de competições do bobsled para quatro pessoas dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, na Rússia. O quarteto formado por Edson Martins, Edson Bindilatti, Fábio Gonçalves e Odirlei Pessoni terminou o dia de disputas da modalidade, com duas descidas pela pista do Complexo Sanki, em 28.º lugar entre 30 inscritos.

Com o tempo de 56s86 na primeira descida pelo percurso de 1.814 metros e de 56s74 na segunda, os brasileiros ficaram com a marca geral de 1min53s60 e ficaram na frente das equipes da Coreia do Sul e do Canadá, que teve um acidente ao virar o trenó em uma das descidas. Felizes ao final da segunda corrida, ainda homenagearam Laís Souza, que se recupera de uma lesão na coluna cervical, após cruzarem a linha de chegada.

Os brasileiros voltam à pista neste domingo (23). Serão mais duas descidas para definir os campeões olímpicos, mas apenas as 20 melhores equipes participarão da segunda bateria do dia, a quarta no total. Assim, o quarteto do Brasil só deverá competir mais uma vez. O início da disputa está marcado para 6h30 (de Brasília).

A equipe Rússia 1 fechou o sábado na liderança com o somatório de 1min50s19. A Letônia, que estava em quinto na primeira descida, foi a equipe mais veloz na segunda perna e chegou à metade da disputa em segundo, com 1min50s23. A Alemanha 1 está em terceiro (1min50s35), apenas um centésimo à frente dos Estados Unidos 1.

BRASILEIRO É DESCLASSIFICADO NO SLALOM

O brasileiro Jhonathan Longhi não conseguiu terminar a disputa do slalom do esqui alpino nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. Neste sábado, após concluir a primeira descida com êxito, o esquiador cometeu um erro na sua segunda tentativa e acabou sendo desclassificado.

Na primeira descida, Longhi marcou o tempo de 59s24 e ficou em 69º lugar entre os 77 competidores que conseguiram completá-la. Na segunda, porém, o brasileiro errou e não conseguiu terminar a disputa do slalom. De um total de 117 inscritos, apenas 43 terminaram a competição do slalom.

O melhor deles foi o austríaco Mario Matt, que garantiu a medalha de ouro com um tempo total de 1min41s84. Ele teve uma vantagem de apenas 0s28 para o também austríaco Marcel Hirscher, o segundo colocado. A medalha de bronze ficou com o norueguês Henrik Kristoffersen, com 1min42s67.

Antes de participar da prova do slalom, Jhonathan Longhi havia competido no slalom gigante e terminou em 58º lugar entre os 72 esquiadores que conseguiram fazer as duas descidas.

Escrito por:

Agência Estado