Publicado 13 de Fevereiro de 2014 - 8h38

Bruna Marquezine em ensaio sensual

Maurício Nahas / Revista Joyce Pascowitch

Bruna Marquezine em ensaio sensual

Foto: Reprodução/Globo.

Bruna fica sem roupa na nova novela

Bruna fica sem roupa na nova novela

Bruna, Helena e Luiza. A primeira é atriz. Aos 18 anos, agora separada do jogador Neymar, diz para quem quiser ouvir: "É o meu melhor momento profissional". Essa percepção, ela endossa, está completamente relacionada aos dois nomes seguintes, personagens marcantes da novela Em Família, defendidas por ela no horário nobre da Globo.

Numa troca corriqueira entre ficção e realidade, as três eventualmente se confundem.

"A essência delas (Helena e Luiza) é muito parecida. São duas meninas que dão muito valor a liberdade. Eu sou muito intensa, eu defendo muito ao que eu acredito. E eu dou muito valor a minha liberdade, aos meus princípios. As personagem têm muito isso, talvez de uma maneira mais forte" conta Bruna, que exemplifica, em entrevista ao jornal Extra. "Às vezes eu faço algumas cenas em que tenho que me referir a alguma coisa do passado e eu tenho uma memória emocional muito forte, que Luiza não pode ter. Isso ainda está na minha cabeça como Helena".

Após terminar as gravações como a jovem Helena, ela viajou para Viena, carregando Luiza na bagagem, tendo Jayme Monjardim e Manoel Carlos - autor que a revelou em Mulheres Apaixonadas, de 2003 - como guias. O primeiro capítulo trouxe uma cena ousada. Nela, após deixar a toalha de banho cair diante de Fernando (Antônio Saboia), Helena tapa os seios com as mãos. A imagem repercutiu em sites internacionais, interessados em tudo sobre Neymar.

"Fiquei tímida na hora, mas foi tranquilo. Foi fácil, e eu confesso que eu tive uma colher de chá. Era um corredor e nós temos duas mulheres câmeras, então o corredor foi cercado por elas. Sou tímida, travo mesmo nessas cenas, mas eu tenho que estar disponível", diz ao jornal Bruna, que, antes, havia interpretado a sensual Lurdinha de Salve Jorge.

A terceira fase, por sua vez, resgata as feridas do passado da personagem. Ao mesmo tempo em que a mãe quer esquecê-lo, Luiza não se intimida em vasculhá-lo. O conflito entre as duas é inevitável, ainda mais com a aproximação entre Laerte (Gabriel Braga Nunes) e a jovem.

"Luiza se encanta pelo Laerte porque ele é uma pessoa encantadora, mexe com música. Mas não é uma relação de paixão ainda. Luiza, como filha, se sente no direito de saber o passado da mãe. Ela se sente mal de a família nunca ter compartilhado isso. Helena não quer que ela participe disse. Por isso elas vão bater tanto de frente".

Veja também