Publicado 30 de Janeiro de 2014 - 6h00

Por Maria Teresa Costa

Hotéis enviarão por escrito ao Procon os valores que vão praticar durante a Copa do Mundo

Cedoc/RAC

Hotéis enviarão por escrito ao Procon os valores que vão praticar durante a Copa do Mundo

Hotéis de Campinas se comprometeram com a Prefeitura, nesta quarta-feira (29), a não aumentar as tarifas no período da Copa do Mundo, entre junho e julho. O compromisso, se for cumprido, representará uma mudança significativa em relação aos preços que estão anunciados nos sites de busca de hotéis, como mostrou o jornal Correio Popular, na edição de domingo (26). Segundo esses sites, o turista que vier a cidade na Copa poderá pagar diárias até três vezes maior que as praticadas atualmente - na média, os aumentos ficam entre 10% e 50%, mas com hotéis que podem aplicar até 240% a mais.

Até segunda-feira (3), os hotéis enviarão por escrito os preços que irão praticar durante o mundial de futebol, formalizando o compromisso. Com base nessas informações, o comitê local da Copa encaminhará as planilhas ao Procon, que irá fiscalizar a prática de preços no período, para evitar tarifas abusivas, informou a coordenadora do comitê Campinas Pró-Copa, Alexandra Caprioli, que se reuniu ontem no Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRC&VB) com representantes de hotéis, bares, restaurantes e shoppings.

Veja também

 

Escrito por:

Maria Teresa Costa