Publicado 24 de Setembro de 2013 - 10h53

A prevenção das estrias começa de dentro para fora, com a alimentação. Prática de exercícios e manter a pele hidratada devem ser inseridos na rotina diária

Divulgação

A prevenção das estrias começa de dentro para fora, com a alimentação. Prática de exercícios e manter a pele hidratada devem ser inseridos na rotina diária

Há diversos tratamentos disponíveis para amenizar as marcas de estrias na pele. Laser, luz pulsada e peeling são apenas alguns exemplos do que a medicina pode fazer por você. Nenhum deles, porém, deve ser iniciado sem a orientação de um profissional, uma vez que o tratamento errado pode mesmo agravar o problema.

O tratamento com crystal peeling, peeling diamante, radio frequência ácidos, os denominados peelings, são um dos métodos mais comuns para a eliminação das estrias. Isso porque eles estimulam a formação de tecido epitelial e colágeno, melhorando o aspecto das estrias.

Já o laser é um tratamento mais moderno e indicado para qualquer tipo de estrias, provocando o fechamento das cicatrizes. O laser promove a formação de novo colágeno, elastina e epiderme, sendo que a pele pode descamar desde 5 a 14 dias dependendo do tipo de laser usado.

Associar as técnicas de acordo com a cor e o aspecto das estrias é o que garante a eliminação de até 80% delas.

Em casa, há algumas atitudes que você pode tomar para diminuir esse mal. Mesmo assim, não é aconselhável iniciar nenhum tipo de tratamento antes de consultar seu médico.

Aprenda a fazer tratamento caseiro para estrias com cosméticos