Publicado 08 de Setembro de 2013 - 11h54

O príncipe Andrew foi abordado nos jardins do Palácio de Buckingham, em Londres,  por agentes aparentemente tensos depois de um aumento da segurança em função de uma recente tentativa de roubo no local, informou a polícia. O duque de York, terceiro filho da rainha Elizabeth II, foi interceptado por dois agentes armados quando dava um passeio na quarta-feira na residência real de Londres, declarou um porta-voz da Scotland Yard.

O porta-voz desmentiu que os policiais surpreenderam o duque de 53 anos e gritaram para que ele se deitasse no chão, informou ainda a imprensa.

"Na quarta-feira (4), às 18h, dois policiais se aproximaram de um homem nos jardins do Palácio de Buckingham para comprovar sua identidade", explicou o porta-voz, acrescentando que não foram usadas nem armas nem se recorreu à força.

O príncipe Andrew contou que a polícia pediu desculpas pelo incidente.

"A polícia tem a difícil tarefa de manter o equilíbrio entre a segurança da família real e a dissuasão de intrusos, e às vezes se equivoca", indicou em um comunicado.

A polícia prendeu em 2 de setembro dois homens suspeitos de tentar roubar a residência londrina da rainha Elizabeth II.

Os dois suspeitos foram detidos, mas depois colocados em liberdade provisória, embora devam permanecer à disposição da polícia.