Publicado 09 de Agosto de 2013 - 23h36

Por José Ricardo Ferreira

Rafael Magalhães  vai fazer dupla de ataque com Cafú

Antonio Trivelin/Gazeta de Piracicaba

Rafael Magalhães vai fazer dupla de ataque com Cafú

Encerrar o turno inicial da primeira fase da Copa Paulista com uma bela vitória é a meta do XV de Piracicaba, neste sábado (10), às 19h, diante da Internacional de Limeira, no estádio Major José Levy Sobrinho. É o jogo que definirá o líder nessa virada de turno no Grupo 2. O XV tem 10 pontos e a Inter vem em segundo, com um a menos.

Terminar o primeiro turno na liderança terá um efeito psicológico, somente. Ainda há o returno e no final dele, quatro times avançarão para a segunda fase da competição. Assim, três pontos terão um efeito de superioridade de um sobre o outro em um dos clássicos mais tradicionais do futebol paulista.

O XV já fo vice estadual em 1976 e a Inter, campeã em 1986, hoje amarga a Série A3. Já o Nhô Quim voltou em 2012 à elite. Na história desses dois times, 41 jogos: 15 vitórias do XV, 13 derrotas e 13 empates. Segundo pesquisa do radialista Vitor Prates, os dois times travaram duelos em inúmeras competições.

No Campeonato Paulista da Série A1, o último duelo aconteceu em 1990, em Limeira, e terminou sem gols. Pela Série A2, o último duelo aconteceu em 2006 e a Inter venceu, em casa, por 3 a 2. Pela Série A3, no Barão de Serra Negra, o XV venceu por 1 a 0 o único duelo dessa divisão. Pela Copa 90 anos de Futebol, em maio de 1992, o XV fez 2 a 0 em Limeira.

Pela Série B do Brasileirão, a última vez que se encontraram foi em abril de 1991 e deu empate em 2 a 2 no Barão de Serra Negra. Pela Série C, o jogo ficou em 1 a 1 em abril de 2003. Já pela Copa Paulista, a última vez que se encontraram, em 2011, a Inter fez 1 a 0, em Limeira. Este é o confronto mais recente entre os dois.

Do lado do XV, o zagueiro Everton Dé retorna após um jogo de suspensão. Na Inter, o atacante Duduzinho cumpre mais um jogo de suspensão.

Escrito por:

José Ricardo Ferreira