Publicado 09 de Agosto de 2013 - 5h00

Leitor do Correio Popular

AAN

Leitor do Correio Popular

A festa comemorada pelo governo e sociedade brasileira por sediar os Jogos de 2014 trouxe uma perspectiva histérica no “País do futebol”, pois, o Brasil viraria um canteiro de obras, com a construção de estádios e consequentemente obras de infraestrutura viárias no entorno das arenas esportistas (...). Faltando menos de um ano para o evento, os estádios estão quase finalizados, porém, as obras estruturais fora das arenas não aconteceram e assim sendo, mostraremos ao mundo em tempo real, toda incapacidade frenética do poder público e privado, do País” amarelo, verde, azul e branco”. Moral da história; as autoridades, via decreto-lei, vão dar ponto facultativo nas cidades-sede para esvaziá-las em dia de jogos, com o objetivo de mostrar aos turistas (...) e ao mundo, que as autoridades brasileiras foram eficientes para sediar uma Copa do Mundo.