Publicado 09 de Agosto de 2013 - 5h00

Chapadão

Gabriel Araújo dos Santos

Escritor, Campinas

Gostei muito, seo Jorge da Farmácia, daquilo que o ilustre edil afirma que vai ser feito na Pedreira do Chapadão. Tomamos conhecimento por meio do “informativo“ que umas moças muito simpáticas distribuíram no dia 5/7 aqui nas redondezas de onde resido. No final, para dar mais credibilidade ao que está sendo prometido, V. Excia., faz questão de afirmar que é “morador há 15 anos no Jardim Chapadão”. (…) Creio que todos estão curiosos para saber se o custo dessa comunicação é totalmente por sua conta...

Abandono

Geraldo Corrêa

Professor, Campinas

Até quando o prefeito vai fazer vista grossa com o Centro da cidade? Eu sei que para tomar uma atitude como essa é necessário ser “macho”, não ter medo, ser enérgico, pensar na população mais do que naqueles que usufruem dessa situação, na cidade que você diz ter acolhido junto com os seus. Dias atrás ouvi de uns visitantes o comentário: “Nossa que cidade nojenta, emporcalhada, Campinas está um lixo”. Tenha paciência prefeito, tome urgente uma atitude. Eu teria vergonha de ser o administrador de Campinas atualmente. (…) Os moradores de rua, mande-os de volta às origens e trate os daqui, não os deixando voltar às ruas. (...)

Escândalo

Marcos Aparecido Rodrigues Alves

Jornalista, Campinas

‘Propinoduto tucano’ em São Paulo. Mais de R$ 450 milhões pagos em propinas a políticos do PSDB entre 1998 e 2007, segundo acusações de executivos da Siemens, empresa que vendeu equipamentos e forneceu serviços de manutenção para trens da CPTM e do Metrô nesse período. O movimento Passe Livre promete ir às ruas no dia 14/8 para protestar e exigir que a grana volte para os cofres públicos. Lamentável apenas a olímpica indiferença de certos veículos de comunicação. E também a ausência de crônicas raivosas e indignadas de certo “cronista joyceano”, que ocupa o espaço ao lado nesta página em determinados dias da semana. Por que silenciam essas vozes?

Multas

Armando Madeira

Publicitário, Campinas

Boa nova publicada no Correio Popular: a Secretaria Municipal de Segurança de Campinas solicita ao prefeito autorização para a GM multar motoristas infratores. É necessário, urgente e já deveria ter sido providenciado há muito tempo. É notória a falta de capacidade da Emdec para fiscalizar, pois o número de veículos cresce dia a dia. Com a possibilidade do convênio com a Guarda Municipal, Campinas terá um efetivo fiscalizador à altura. Portanto esses (...) que transitam com som alto no Centro, Taquaral e Cambuí, não perdem por esperar.

Protesto

Bruno Martins Silva

Estudante, Campinas

Eu achei muito interessante o artigo 'Sobre os distúrbios', publicado no dia 23/7. Achei interessante porque mostra o lado bom e o ruim: pessoas que vão protestar legalmente, sem querer fazer bagunça nas ruas, mas sempre tem um vândalo que quer contrariar as coisas. Achei muito boas as fotos retratadas no jornal. Muito obrigado pela atenção, adorei essa matéria, ficou muito boa, parabéns!

Papa

Vitória A. Massafera

Estudante, Campinas

Olá, li a reportagem 'Sem papas na língua' e me interessei pela ação dos jovens, não só do Brasil, mas sim do mundo todo, pois ao contrário de estarem no mundo da violência, nas drogas, se prostituindo, estão rezando junto ao papa Francisco. Não só o papa, mas acho que todos acreditam que os jovens podem mudar o mundo.

Praça 1

Beatriz Massarelli

Estudante, Valinhos

Agora é a vez dos moradores do DIC 5 ficarem indignados com uma obra abandonada. Cercada de lixo, uma praça que serviria como local de entretenimento para os moradores, tornou-se um transtorno para os pais, pois virou alvo de traficantes, bandidos e usuários de droga. Para piorar ainda mais a situação, as crianças que frequentam o local, estão aprendendo e repetindo as ações presenciadas por eles. Onde foi parar o investimento de R$ 2,8 milhões? Onde estão os impostos pagos pelos moradores? Os mesmos não pedem nada além do que me parece justo: a finalização da Praça da Juventude.

Praça 2

Rosane dos Reis Esmeriz

Terapeuta ocupacional, Campinas

Desta vez venho ocupar esta coluna que abre espaço ao leitor para falar diretamente ao prefeito Jonas Donizette. Vários órgãos de imprensa vêm noticiando com frequência a falta de manutenção em praças e parquinhos públicos (vide Correio Popular), onde cerca de 93% dos parques precisam de manutenção. Já fiz elogios ao secretário de Serviços Públicos Ernesto Paulella, mas peço ao senhor que determine a reforma imediata da Praça Salvador Demonte, localizada no bairro Taquaral, que está totalmente esquecida, com mato alto, servindo de estacionamento para veículos, falta de equipamentos que foram retirados pela administração “república do Mato Grosso”. É um trabalho rápido que a própria Administração Regional 3 tem condições de realizar, para poder propiciar um pouco de lazer às crianças e idosos que ali residem.(...)

Violência

Walter Aprile

Aposentado, Campinas

Uma senhora me procurou, queria desabafar. Depois de um fôlego, falou que seu filho que trabalha como vendedor foi abordado pela polícia que revistou seu carro de forma violenta, apanhou uma Bíblia que o jovem sempre carrega consigo, pois é evangélico, e a lançou ao ar, a fim de verificar se não continha algo dentro. O jovem ficou quase uma hora com o revólver apontado para sua cabeça e apesar dos seus apelos ao policial, o mesmo não o liberava para ir trabalhar. Srs. encarregados da segurança, concordo com as revistas aos carros, mas vocês devem ter o bom-senso de separar o joio do trigo, pois não é difícil ver quando trata-se de um trabalhador ou de um marginal. Mais critérios nessas abordagens, é o que se espera!

Homenagem

Amaury Frattini

Advogado, Campinas

Perdi, por motivo de saúde, a homenagem que ACL prestou no dia 5/8, tão bem presidida pelo dr. Agostinho Toffoli Tavolaro, a Guilherme de Almeida. A palestra de Douglas Michalani, a saudação de Duílio Battistoni Filho, as declamações de Arita Pettená e a palestra do prof. José Alexandre Ribeiro garantiram o sucesso da sessão. Como vereador instituí e outorguei a medalha Guilherme de Almeida aos combatentes campineiros de 1932. (...)