Publicado 27 de Agosto de 2013 - 5h00

Por Maria de Fátima

ig-mari-de-fatima

AAN

ig-mari-de-fatima

A profissão de psicólogo tem pouco mais de meio século no Brasil. Esta profissão, da qual faço parte, tem como objeto de estudo, tanto o comportamento quanto os processos mentais – aqui se destaca a subjetividade humana. Existem várias abordagens psicológicas, as mais conhecidas são a comportamental, a humanista e a psicanálise.

As áreas de atuação do psicólogo são diversas, destaca-se a clínica, a organizacional e trabalho, a educacional, a forense, a social, a hospitalar, a docência e a pesquisa.

O psicólogo, ao contrário do que muitos imaginam, não trabalha apenas com doentes mentais, mais conhecidos como ‘loucos’. Veja-se que a clínica é apenas uma das áreas de atuação profissional e a grande maioria dos que procura atendimento, não apresenta um grave distúrbio psicológico, portanto, não é doente mental.

Os motivos que levam as pessoas a buscarem psicoterapia são diversos, como ansiedade, crise existencial, depressão, dificuldade no relacionamento interpessoal, conflitos conjugais, familiares e até mesmo conhecer-se melhor.

Nas organizações e trabalho, o psicólogo atua desde o momento de se recrutar um empregado até a preparação para a aposentadoria, assim como, na capacitação de pessoas que não estão no mercado de trabalho. Na educação, a atuação engloba, basicamente, as questões relacionadas aos processos de ensino e aprendizagem. Na forense, se lida com a violência e criminalidade, bem como com as questões judiciais de um modo geral. Na social, os fenômenos da interação entre o indivíduo e o seu meio social são considerados. A área hospitalar engloba atenção aos pacientes, familiares destes e à equipe de saúde. Já a docência, atualmente, se limita aos cursos de graduação, pós-graduação, extracurriculares e de capacitação no que tange aos conhecimentos psicológicos.

O reconhecimento da profissão foi em 27 de agosto de 1962, deste modo, é neste dia que se comemora o Dia do Psicólogo.

Escrito por:

Maria de Fátima