Publicado 22 de Agosto de 2013 - 19h25

Por Alenita Ramirez

Escola Estadual Orosimbo Maia, na Avenida Andrade Neves, em Campinas

Reprodução/Google

Escola Estadual Orosimbo Maia, na Avenida Andrade Neves, em Campinas

Um bandido morreu após levar um tiro na nádega na madrugada desta quinta-feira (22), no Centro de Campinas. O homem, que não foi identificado até a parte da tarde havia invadido a Escola Estadual Orosimbo Maia, na Avenida Andrade Neves, e foi surpreendido por um bombeiro, que mora no local.

O criminoso estava com um comparsa sobre o telhado do imóvel e se preparavam para pular para dentro de um quarto da casa, quando a vítima os surpreendeu e mandou fez o disparo. Um tiro acertou a nádega de um dos suspeitos que morreu no local. O comparsa fugiu.

A tentativa de assalto aconteceu a 1h48, a duas quadras da Delegacia. O policial, de 25 anos, dormia com a mulher e o filho quando acordou com um barulho no telhado.

O militar foi até o quarto de onde vinha o som e deu de frente com dois homens que já tinham arrancado algumas telhas e se preparavam para entrar no imóvel.

Segundo relatos do policial, um dos acusados portava um objeto nas mãos, que aparentava ser faca ou revólver.

O bombeiro então se apresentou como policial, momento que a dupla não obedeceu e insistiu em pular para no imóvel.

O bombeiro atirou e depois ouviu um "ai". Ele acionou os colegas de farda e o resgate, mas o homem já tinha morrido. A arma do policial, um revólver 38, com 4 cartuchos íntegros e um deflagrado, foi apreendido.

A Secretaria Estadual de Educação disse que o bombeiro é zelador na escola e não recebe salário pelo serviço.

Escrito por:

Alenita Ramirez