Publicado 12 de Agosto de 2013 - 23h00

Por Renê Moreira

Policiais militares e seguranças particulares contratados pela Câmara Municipal de Restinga tentarão garantir a tranquilidade na sessão extraordinária desta terça-feira (13). Em pauta estará sendo discutida a cassação do prefeito Paulo Augusto Ribeiro (DEM), o "Paulo Pitt", e de sua vice Luciene Martins (PRB). A reunião foi convocada pelo presidente da Câmara, Fernando Costa (PSB), sendo o afastamento uma solicitação da CEI (Comissão Especial de Inquérito) que investigou irregularidades na prefeitura. Paulo Pitt responde a 17 acusações, incluindo a nomeação de funcionários fantasmas e o desvio de verbas.

O prefeito e a vice já chegaram a ser afastados no início deste ano pelos vereadores, mas retornaram em seguida aos cargos por decisão da Justiça. Paulo Pitt se negou a depor aos vereadores sob o argumento de ser vítima de perseguição política.

Escrito por:

Renê Moreira