Publicado 11 de Agosto de 2013 - 14h22

Por Da redação

Frio pega campineiros de surpresa na manhã deste domingo

Érica Dezonne/AAN

Frio pega campineiros de surpresa na manhã deste domingo

A queda da temperatura neste domingo (11) em Campinas foi provocada pela rápida passagem de uma frente fria pela região Sudeste e fez com que muitos campineiros evitassem as atividades ao ar livre no Dia dos Pais. Os principais parques e praças da cidade ficaram praticamente vazios durante a manhã, quando os termômetros chegaram a marcar 8º C. Segundo informações da previsão do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas a Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) o tempo volta a ficar estável nesta segunda-feira (12). Mas as temperaturas baixas, porém, deverão dominar a semana com a chegada de outra frente fria que promete derrubar os termômetros nas próximas duas semanas, com mínimas previstas de 8ºC durante a noite.

Segundo informações do Climatempo, Campinas deverá registrar nesta segunda-feira a máxima de 26ºC durante o dia. As noites continuam frias, a mínima prevista é de 11º. Na terça-feira os termômetros devem marcar máxima de 28ºC e mínima de 15º. De acordo com os dados divulgados no boletim meteorológico da Defesa Civil em Campinas, o calor persiste no Interior paulista, mas os ventos frios vindos de Sul inibem as temperaturas na faixa leste e parte do centro do Estado, deixando o tempo instável e propenso a chuvas a qualquer horário. Há possibilidade de formação de núcleos de chuva forte e localizada, acompanhada de rajadas de vento e descargas elétricas.

É a partir de quarta-feira que deverá ocorrer novamente a queda na temperatura, inclusive, com previsão de chuva durante todo o dia, segundo dados do Climatempo. A máxima estimada é de 17º.

Atividades

Na Lagoa do Taquaral, durante a manhã, apenas os mais corajosos praticaram atividades esportivas. A maioria dos campineiros preferiu passar mais tempo em casa e só sair para comemorar o Dia dos Pais nos restaurantes da cidade. A tradicional feira hippie promovida nos finais de semana no Centro de Convivência também atraiu pouco público.

Escrito por:

Da redação