Publicado 10 de Agosto de 2013 - 5h04

O passeio de rafting é obrigatório na programação do turista em Brotas

Divulgação

O passeio de rafting é obrigatório na programação do turista em Brotas

Os locais definem Brotas como ?uma rua que vai, e outra que volta.? Para os demais, a pequena cidade a cerca de 246 quilômetros de São Paulo é conhecida como a capital do turismo de aventura. E não é por menos: são tantas as opções radicais à disposição do visitante que fica até difícil escolher.

Arborismo, tirolesa, trilhas na mata, rapel em cachoeiras e, claro, o carro-chefe do município: rafting. Dito isso, é importante ressaltar que Brotas é muito mais do que emoções fortes, e quem foge dessa parte do turismo também tem vez por lá. Os motivos são muitos: natureza em abundância, tranquilidade, belas paisagens, boa comida e uma população muito receptiva. Uma ótima oportunidade para passar o final de semana e descansar do tumulto e da vida agitada das cidades grandes.

A sugestão inclui o sábado e o domingo porque a noite em Brotas é estrelada ? literalmente. Não que outros lugares não sejam, afinal, a quantidade de estrelas não muda, obviamente. Mas, na correria do dia a dia, praticamente nos esquecemos de olhar para cima para apreciar uma das maiores belezas existentes. E, mesmo para os que lembram, normalmente em noites de lua cheia, não vemos a mesma coisa em decorrência da grande luminosidade e poluição das metrópoles. Observar o céu se tornou uma difícil tarefa, por incrível que pareça.

{'nm_midia_inter_thumb1':'https://midias.rac.com.br/_midias/jpg/2013/08/09/1_brotas2-969180.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5205a6b1af3b8', 'cd_midia':969176, 'ds_midia_link': 'https://midias.rac.com.br/_midias/jpg/2013/08/09/1_brotas2-969176.jpg', 'ds_midia': 'Observatório de Brotas é boa pedida para observar o céu', 'ds_midia_credi': 'Divulgação', 'ds_midia_titlo': 'Observatório de Brotas é boa pedida para observar o céu', 'cd_tetag': '21', 'cd_midia_w': '316', 'cd_midia_h': '237', 'align': 'Left'}Apreciar a beleza de um céu noturno totalmente estrelado em Brotas é um programa tão valioso que a cidade é a casa da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo). O local possui muitas atividades culturais e didáticas, como sessões de observação com telescópios e planetário digital em salas de projeção 180º. Normalmente, o passeio (que custa R$ 50,00) começa às 20h30 com uma pequena introdução sobre as atividades. A principal parte consiste em experimentar três impressionantes telescópios mirados para importantes partes do universo.

Todos os presentes, em média 50 por noite, passam pelos três pontos de observação. No Inverno, o destaque fica para Saturno, o belo planeta com anéis que conhecemos dos livros didáticos. Prepare-se para vê-lo como se fosse uma foto, com o detalhe de ser ele mesmo, real.

Gritos de guerra

Depois de conhecer os lugares tranquilos de Brotas, chegou a hora de fazer o famoso rafting. Para quem não conhece, trata-se de uma modalidade coletiva de canoagem praticada em botes infláveis com capacidade para até sete pessoas e um condutor especializado. Ele guiará e ajudará os aventureiros a vencer as corredeiras e enfrentar inúmeras quedas. Existem muitas agências prontas para oferecer o passeio ?na rua que vai?, tanto que ela é conhecida como Rua das Agências.

Na Eco Ação, a atividade custa R$ 98,00 e dura cerca de três horas, desde a explicação de medidas de segurança até a hora que uma pinguinha com mel é servida no final do trajeto para esquentar o corpo. Há armários disponíveis para locação para guardar os pertences (de R$ 2,00 a R$ 5,00) e papetes. Se você não tem a sua, pegue, porque ir de tênis é uma péssima ideia. Outro conselho é levar uma mochila com uma troca de roupa ? há vestiários à disposição do cliente. Indiferente do rio estar baixo ou alto, você vai se molhar ? e muito ?, sem contar que em algumas parte é possível nadar no rio.

O importante é saber que ninguém fica parado, todos têm que remar. Por isso, antes de cair na água, você aprenderá vários comandos: frente, direita-ré, esquerda-ré e o preferido da galera: piso ? quando todos se jogam dentro do bote para passar por uma queda. Esse é o comando que todo mundo aprende de imediato, claro. Os instrutores são todos animados, brincando o tempo todo com o grupo. Até um grito de guerra é escolhido pelos participantes.

O rafting de Brotas é apontado como um dos mais emocionantes do Brasil por oferecer 14 corredeiras em 10 km de rio. Mas não se assuste, além do experiente instrutor, canoístas reforçam a segurança de todos do início ao fim da atividade. Mais do que isso, tiram muitas fotos dos botes durante todo o percurso, principalmente das partes mais radicais. Portanto, tente gritar sorrindo e fuja das caretas de pânico ? apesar de que, quando elas não são suas, essas são as fotos mais engraçadas. O tempo passa muito rápido e, no fim, você vai pedir por mais. A experiência vale muito a pena.