Publicado 09 de Agosto de 2013 - 18h34

Delegado João Osinski Júnior (esq.) disse que sabia da operação da PC-MG

Luís Augusto/AAN

Delegado João Osinski Júnior (esq.) disse que sabia da operação da PC-MG

Uma tentativa de captura de um fugitivo da Penitenciária de Getulina (SP) culminou com o suspeito atropelando um delegado de São Sebastião do Paraíso (MG), Leandro Custódio Zucoloto, na manhã desta sexta-feira (9). O caso aconteceu próximo ao Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto. Wellington Fernando André de Souza veio com familiares em um carro a Ribeirão Preto para buscar o pai, que está preso no CDP da cidade. O homem havia sido autorizado pela Justiça para ser colocado em liberdade provisória para passar o Dia dos Pais em casa. O suspeito vinha sendo acompanhado por três carros descaracterizados e nove policiais civis de São Sebastião do Paraíso (MG).

O fugitivo percebeu que estava sendo seguido, deixou parte dos familiares em frente ao CDP e tentou fugir. Os policiais fizeram o cerco ao carro e, quando o delegado se aproximou para fazer a abordagem, foi atropelado. ?A diligência foi autorizada pela Polícia Civil de Ribeirão Preto e existe o mandado de prisão expedido contra o Wellington pela Comarca de Marília. Infelizmente acidentes acontecem e ninguém esperava que ele fosse reagir daquela maneira?, afirmou João Osinski Júnior, delegado responsável pelo Deinter 3.

Após o atropelamento houve troca de tiros entre o bandido e os policiais. A mãe do fugitivo desceu do carro e pegou a arma do delegado para tentar revidar a ação dos investigadores, mas foi presa antes de efetuar disparos. Já o homem conseguiu correr para se esconder no canavial que há ao lado da via e até o momento não foi capturado. ?Ele vem sendo monitorado em tempo real, inclusive pelo helicóptero da Polícia Militar que está preparado para agir caso haja uma tentativa de resgate do suspeito?, ressaltou o delegado, que acredita que a prisão seja feita nas próximas horas.

Wellington é apontado pela Polícia Civil de Minas Gerais como o chefe de uma quadrilha especializada em roubos a fazendas e residências. O homem havia sido preso por ter participado do roubo à casa do prefeito de Muzambinho (MG), Ivan de Freitas (PSDC), no dia 14 de junho.

O delegado ferido foi levado às pressas para o Hospital das Clínicas ? Unidade de Emergência de Ribeirão com traumatismo craniano. A vítima segue internada e tem estado de saúde considerado grave.