Publicado 11 de Agosto de 2013 - 5h00

Por Da redação

O perigo começa com as pequenas fogueiras e rapidamente se transformam em grandes e incontroláveis focos de incêndio

Divulgação

O perigo começa com as pequenas fogueiras e rapidamente se transformam em grandes e incontroláveis focos de incêndio

Além das doenças típicas desta época do ano, como gripes, resfriados, conjuntivites e problemas respiratórios, o tempo seco costuma ser também o período das queimadas, em várias cidades do Brasil. Para evitar este tipo de problema, que agride o meio ambiente e prejudica a saúde das pessoas, a Prefeitura de Hortolândia orienta os munícipes a evitar este tipo de prática, ainda habitual na região.

Em Hortolândia, a prática de queimadas é também crime ambiental, de acordo com a Lei Municipal 2.464/2010 e o Decreto Municipal 2.375/2010. O que significa que, havendo flagrante ou denúncia com provas, o autor do ato está sujeito a penalidades, tais como multas que variam de R$ 606,24 a R$ 2.425,02.

Agentes ambientais da Prefeitura, que percorrem a cidade realizando a campanha de educação ambiental ?Descarte Consciente?, estão orientando a população. ?Nos períodos de seca, o número de incêndio aumenta em todo o país. O perigo das queimadas é evidente. Começam como pequenas fogueiras e rapidamente se transformam em grandes e incontroláveis focos de incêndio. Além de comprometer a qualidade do ar e causar doenças respiratórias, as queimadas também danificam o solo, dificultam a agricultura, facilitam o efeito de erosão e destroem vegetações, causando estragos à vida humana, ao meio ambiente ao patrimônio público. Quase todos os focos de incêndio são causados por descuido. Por isso, cada um deve contribuir para evitar esses grandes desastres?, alerta o panfleto que a secretaria vai distribuir, instruindo sobre o que fazer em caso de queimada. ?Faça sua parte: não faça qualquer tipo de queimada; não acenda fogueiras; não solte balões; não jogue fósforos e cigarros na vegetação; não deixe que um simples descuido se transforme num grande prejuízo para você e para todos?, acrescenta a publicação.

Saiba o que fazer em caso de queimada:

Quem avistar focos de incêndio no município pode colaborar com as autoridades ambientais, ligando para os seguintes números:

De segunda a sexta-feira, das 8 às 17h

Secretaria de Meio Ambiente: 3965.1400, ramal: 7913 ou 7924

Sábados, domingos e feriados:

Secretaria de Meio Ambiente: 3845.1149, das 6h às 18h

Guarda Municipal: 0800.111.580, 24h

Defesa Civil: 199, 24h

Escrito por:

Da redação