Publicado 09 de Agosto de 2013 - 16h19

Por Da redação

Dona de banca baixa as portas devido às manifestações

Rodrigo Zanotto/Especial para AAN

Dona de banca baixa as portas devido às manifestações

Por causa da paralisação dos ônibus desde as primeiras horas desta sexta-feira (9), o prejuízo do comércio em Campinas deve girar na cada de R$ 1,1 milhão. A estimativa é do economista Laerte Martins, da Associação Comercial de Campinas (Acic).

"Pela nossa experiência, haverá uma retenção de aproximadamente 3,5% nas vendas porque as pessoas deixam de circular e porque alguns dos próprios comerciantes fecham as portas", disse o especialista. A avaliação feita por Martins leva em consideração apenas um dia normal de vendas, descartando a data dos Dia dos Pais.

Em relação, especificamente, a esse, que é o quarto melhor dia para o comércio, a estimativa é que as vendas em Campinas cresçam 4% em relação ao ano passado. Entretanto, espera-se um crescimento menor do que o de 6% registrado de 2011 a 2012. "As pessoas estão comprando menos este ano porque o poder de compra do brasileiro em 2013 está menor", informou.

Escrito por:

Da redação