Publicado 09 de Agosto de 2013 - 20h25

Por Agência Estado

O Brasil encontrou dificuldade para superar a República Dominicana

FIVB/Divulgação

O Brasil encontrou dificuldade para superar a República Dominicana

A seleção brasileira feminina de vôlei levou um susto depois de um primeiro set muito ruim, mas virou e venceu com relativa facilidade a República Dominicana, nesta sexta-feira (9), em Mayaguez (Porto Rico), no primeiro jogo da segunda rodada do Grand Prix. Com ótima atuação da ponta Gabi, o Brasil venceu por 3 sets a 1, parciais de 20/25, 25/22, 25/12 e 25/18.

Com o resultado, a seleção de José Roberto Guimarães chegou a 11 pontos no Grand Prix, com quatro vitórias em quatro jogos. China e Sérvia lideram com 12 - o Brasil deixou de ganhar um ponto por ter vencido a Rússia por 3 a 2, o que só vale dois pontos. O Japão é a outra equipe invicta até aqui.

Com apenas 19 anos, Gabi foi a principal pontuadora do jogo, anotando 25 pontos. Fernanda Garay também se sobressaiu, com 20. Zé Roberto optou por escalar Monique como oposto titular. Mas após um começo ruim de partida para a equipe, ele tirou Sheilla do banco para ficar em quadra até o fim do quarto set. Com o placar dilatado, o treinador fez a inversão no time e deu a primeira chance à levantadora Claudinha.

A fase classificatória do Grand Prix é divida em três semanas. Na primeira, a seleção fez três jogos no Brasil. Agora atua em Porto Rico. No sábado (10), pega a Bulgária e no domingo (11), as donas da casa. Depois, na semana seguinte, as brasileiras vão ao Casaquistão jogar contra Cuba, Holanda e o próprio Casaquistão. As cinco melhores equipes avançam para a fase final, no Japão, cuja equipe já está pré-classificada.

Escrito por:

Agência Estado