Publicado 11 de Agosto de 2013 - 15h07

Por France Press

No confronto direto, Nadal venceu as três partidas já disputadas contra Raonic

France Press

No confronto direto, Nadal venceu as três partidas já disputadas contra Raonic

Rafael Nadal não teve maiores problemas para confirmar o seu favoritismo, neste domingo, e conquistar o título do Masters 1.000 de Montreal. Depois de ter derrotado o sérvio Novak Djokovic em uma semifinal emocionante na noite do último sábado, o tenista espanhol venceu o canadense Milos Raonic por 2 sets a 0, com duplo 6/2, em apenas 68 minutos, para ficar com a taça.

Esse foi o terceiro título obtido por Nadal no Canadá, onde ele também havia se sagrado campeão em 2005 e 2008, nesta última ocasião quando o Masters local ocorreu em Toronto. Para completar, o espanhol acumulou o seu oitavo troféu na temporada e o 25.º de um Masters 1.000 em sua carreira.

Depois de ficar longo tempo afastado do circuito profissional por causa de uma lesão no joelho, Nadal segue dando continuidade ao seu retorno triunfante ao tênis. Desde que voltou a jogar, levou o título de Roland Garros, conquistou os Masters 1.000 de Roma, Madri e Indian Welles e levantou as taças em Barcelona, Acapulco e no Brasil Open, em São Paulo. Neste período, ele jogou dez finais em 11 torneios, ganhando oito deles, sendo que só fracassou quando caiu surpreendente estreia da edição passada de Wimbledon.

Desta forma, Nadal mostrou que chegará muito forte e confiante ao US Open, Grand Slam que começa no próximo dia 26, em Nova York, assim como ele vem recuperando o seu status no ranking da ATP. Com o título deste domingo, ele deverá ser confirmado nesta segunda-feira como o novo tenista número 3 do mundo.

Na final deste domingo, o espanhol aproveitou as duas chances que teve de quebrar o saque de Raonic no primeiro set para abrir vantagem e fazer 6/2, enquanto o tenista da casa não conseguiu ameaçar o serviço do rival nenhuma vez nesta parcial.

Já no segundo set, mais uma vez ao obter duas quebras em duas chances e ao salvar três break points, Nadal repetiu o 6/2 que liquidou o confronto. Este foi o 58.º troféu de simples obtido pelo espanhol, que acumulou também neste domingo a sua quarta vitória em quatro partidas diante de Raonic.

Escrito por:

France Press