Publicado 09 de Agosto de 2013 - 23h49

Por Agência Estado

O espanhol Rafael Nadal  precisou de 1 hora e 18 minutos para vencer o australiano Marinko Matosevic

France Press

O espanhol Rafael Nadal precisou de 1 hora e 18 minutos para vencer o australiano Marinko Matosevic

O Masters 1000 de Montreal terá uma final antecipada neste sábado (10), quando acontecem as semifinais da disputa no Canadá. Será o duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal, os dois principais favoritos ao título que ainda seguem vivos no torneio. O outro finalista sairá do confronto canadense entre os tenistas Milos Raonic e Vasek Pospisil.

Nadal foi o último a conseguir sua vaga nas semifinais de Montreal, ao ganhar já na noite desta sexta-feira (9) do australiano Marinko Matosevic por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Diante do número 74 do mundo, contra quem já tinha uma vitória no único confronto entre eles na carreira, o espanhol precisou de 1 hora e 18 minutos para vencer.

Número 4 do mundo, Nadal terá agora o desafio de enfrentar Djokovic, o líder do ranking, contra quem tem 20 vitórias em 35 jogos já disputados. Pelas quartas de final do torneio, o sérvio ganhou nesta sexta do francês Richard Gasquet também por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, credenciando-se para a semifinal deste sábado diante do espanhol.

TORNEIO DE TORONTO

Serena Williams arrasou mais uma adversária nesta sexta e garantiu sua vaga nas semifinais do Torneio de Toronto, no Canadá. Dessa vez, a tenista norte-americana precisou de exatamente 1 hora para derrotar a eslovaca Magdalena Rybarikova por 2 sets a 0, com um duplo 6/1.

Líder do ranking, Serena já disputou três jogos em Toronto. E venceu todos com facilidade - antes, fez 6/3 e 6/2 na italiana Francesca Schiavone e 6/0 e 6/3 na belga Kirsten Flipkens. Agora passou por Rybarikova, apenas a número 42 do mundo, no primeiro confronto entre elas.

Dominando o circuito do tênis feminino atualmente, já com sete títulos na temporada, Serena volta à quadra neste sábado, novamente como favorita, para disputar a semifinal contra a polonesa Agnieszka Radwanska, número 4 do mundo, de quem ganhou os cinco jogos anteriores.

A outra semifinal de Toronto, torneio que serve como preparação para o US Open - o Grand Slam começa no dia 26 de agosto, em Nova York (Estados Unidos) -, também já foi definida nesta sexta. Terá a romena Sorana Cirstea contra a chinesa Na Li duelando neste sábado.

Escrito por:

Agência Estado