Publicado 27 de Agosto de 2013 - 9h32

Por Da agência Brasil

O Enade tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação

Divulgação

O Enade tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação

Os inscritos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2013 têm até sexta-feira (30) para conferir os dados cadastrados pelas instituições de ensino na página no exame. Caso seja necessária alguma correção, os estudantes devem procurar as próprias instituições, responsáveis pelas inscrições. A prova será aplicada no dia 24 de novembro.

O Enade tem o objetivo de medir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação quanto aos conteúdos programáticos, às suas habilidades e competências. Ele é usado para compor o Conceito Preliminar de Curso (CPC), que mede a qualidade dos cursos em uma escala de 1 a 5. Os resultados 1 e 2 são considerados insatisfatórios, o 3, razoável, e o 4 e 5, bons. A avaliação é feita a cada três anos.

O exame é obrigatório. Caso o estudante selecionado não compareça na data da prova, ele não poderá receber o diploma nem receber o registro de regularidade do histórico escolar.

Nesta edição do Enade, será avaliado o desempenho dos estudantes de bacharelado em agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social e zootecnia. O exame também avaliará os cursos de tecnólogo em agronegócio, gestão hospitalar, gestão ambiental e radiologia.

Devem fazer o exame os concluintes dos cursos de bacharelado que tenham expectativa de terminar o curso até julho de 2014, os estudantes de bacharelado que tiverem concluído mais de 80% da carga horária mínima do currículo do curso até o fim do período de inscrição, os estudantes de cursos superiores de tecnologia com expectativa de conclusão até dezembro de 2013 e os estudantes de cursos superiores de tecnologia que tiverem mais de 75% da carga horária mínima do currículo até o fim do período de inscrição.

Escrito por:

Da agência Brasil