Publicado 09 de Agosto de 2013 - 5h00

ÁRIES - 21/3 A 20/04

A gratificação não precisa ser sempre através do contato sensual com o mundo e as pessoas. Há gratificações de natureza mais abstrata, que servem de compensação para as agruras e dificuldades que acontecem diariamente.

TOUR0 - 21/4 A 20/5

A graça toda da vida se perde em cada julgamento crítico e severo que você fizer dela, concentrando essa atividade nos relacionamentos. Isto é, quanto menos severa for sua alma com as pessoas próximas, maior será a graça.

GÊMEOS - 21/5 A 20/6

Há de haver um equilíbrio entre você se orientar pelas próprias opiniões e o de seguir os conselhos alheios. Sem esse equilíbrio, ou você pende para o lado da arrogância, ou você se distancia do seu eixo primordial..

CÂNCER - 21/6 A 21/7

Tentar justificar seus atos elimina a possibilidade de haver verdadeira comunicação. Você, realmente, não precisa se justificar, o que você precisa é sentir que há alguém que compreende e acompanha você. Só isso.

LEÃO - 22/7 A 22/8

Compartilhe os bons momentos com as pessoas que saibam apreciá-los, mas considere que elas, por serem pessoas, não podem estar a sua disposição. Por isso, escolha algumas poucas e boas para compartilhar os bons momentos.

VIRGEM - 23/8 A 22/9

Fale palavras sábias, use a bondade para abrir as portas que teimam em ficar fechadas, apesar de seus desejos. Jogue fora todo e qualquer resquício de agressividade, passe para o outro lado da vida, o luminoso.

LIBRA - 23/9 A 22/10

Obedeça as regras e preserve uma visão positiva dos acontecimentos. Você não precisa de atalhos nem tampouco fazer nada errado sucumbindo a essa sensação de urgência que circula na vida interior.

ESCORPIÃO - 23/10 A 21/11

A arrogância sempre parecerá ser um defeito alheio, porém, isso é assim como resultado da incapacidade de enxergar com clareza o próprio desempenho. A arrogância está sempre por trás de atitudes rígidas.

SAGITÁRIO - 22/11 A 21/12

Fique em paz, se distanciar do que parece tão importante que sua alma duvida que conseguiria viver sem não será tão dramático quanto parece. O drama se converterá na visão de que não poderia ter acontecido nada melhor.

CAPRICÓRNIO - 22/12 A 20/1

Ria e brinque no campo infinito do Universo, você não deve nada a ninguém e, mesmo devendo, essa seria uma circunstância passageira, que não há de servir para definir sua presença entre o céu e a terra. Muito além.

AQUÁRIO - 21/1 A 19/2

Assumir riscos é inerente ao processo de aumentar os ganhos. Porém, a fórmula não é exata, há ingredientes subjetivos que se misturam a essa fórmula, tornando o resultado bastante imprevisível. Um passo de cada vez.

PEIXES - 20/2 A 20/3

Bênçãos sofisticadas e surpreendentes acontecem em momentos de extrema simplicidade, naqueles que de tão banais e corriqueiros não mereceriam a atenção. Pois não é que seria propício você lhes dar mais atenção?