Publicado 13 de Agosto de 2013 - 20h40

Por Agência Anhanguera de Notícias

O argentino Pedro Ignácio Calderón rege a Sinfônica de Campinas durante ensaio, ontem, para os concertos de reabertura da Temporada 2013

Érica Dezonne/AAN

O argentino Pedro Ignácio Calderón rege a Sinfônica de Campinas durante ensaio, ontem, para os concertos de reabertura da Temporada 2013

Obras de Luis Castelões, Ale Fenerich, Ney Rosauro e a Sinfonia nº 2 de Beethoven recheiam o repertório da Orquestra Sinfônica da Unicamp nos concertos desta quarta, no Teatro Castro Mendes, e quinta, na Casa do Lago, como parte do Projeto Performance, no qual a Sinfônica atua como um laboratório de pesquisa em música.

Nas ocasiões, a marimba virá à frente do palco para compor o espetáculo, que conta com regência de Cinthia Alireti e solo da percussionista Fernanda Vieira. Escrito em 1986, em Brasília, o Concerto para Marimba, de Ney Rosauro, estreou com a Manitowoc Symphony Orchestra, sob direção de Manuel Prestamo, após ter sido gravado pela percussionista Evelyn Glennie, com a London Symphony Orchestra, e se tornou uma das peças mais significativas no repertório para percussão.

O Teatro Castro Mendes fica na Praça Correa de Lemos, s/nº, Vila Industrial, fone: 3272-9359 e os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Já a Casa do Lago está situada a Av. Érico Veríssimo, s/nº, Cidade Universitária, Unicamp, fone: 3521-7017. O concerto tem entrada franca.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias