Publicado 13 de Agosto de 2013 - 7h12

Por Ricardo Fernandes

Mickey, preso em um castelo encantado, precisa resgatar Minie

Divulgação

Mickey, preso em um castelo encantado, precisa resgatar Minie

Mickey Mouse está de volta com seu Castle of Illusion, agora em alta definição, para as plataformas atuais. O game, da Sega, é um remake do clássico jogo homônimo lançado na década de 90 para Mega Drive, Master System e Game Gear. O título chega para PlayStation 3, Xbox 360 e PC ainda nesse mês de agosto e deve ser adquirido, obrigatoriamente, por download.

Castle of Illusion é um jogo de plataforma, no qual Mickey salta, atira frutas e percorrer mundos fantasiosos em uma jornada em busca de sua eterna companheira, Minie. A ratinha caiu nas garras de uma bruxa – Mizrael – e o nosso herói precisa salvá-la. O remake traz de volta os principais elementos do original – cenário e enredo – mas oferece gráficos modernos e elementos tridimensionais que embelezam e dão nova cara ao clássico. Além das fases originais – floresta, casa de brinquedo, biblioteca, etc, a Sega promete conteúdo novo, com novos elementos inspirados no mundo Disney.

No geral, os produtores tentaram preservar a essência e apostar na nostalgia de vetreranos jogadores para alavancar o game. A trilha sonora é original, com novos arranjos remixados, e muitos elementos foram mantidos. A jogabilidade é praticamente a mesma, como um mix de 2D com 3D. Mickey desloca-se como no jogo original, mas o remake apresenta a profundidade permitida pelas plataformas atuais e eventuais imersões na 3ª dimensão, como no hall de entrada do castelo, por exemplo.Os velhos inimigos como soldadinhos de chumbo, na fase dos brinquedos e árvores fantasmas, na floresta, estão presentes.

O jogo é levado tão a sério por seus produtores que um vídeo 'Castle of Illusion - Behind the Scenes', foi dividido em duas partes e postado no Youtube com depoimentos dos artistas e desenvolvedores responsáveis. O vídeo mostra os membros da equipe, como o diretor de estúdio Marcus Fielding, o designer-chefe Daniel Hooley e o produtor Darius Sadeghian falando sobre as experiências durante a criação e o respeito pelo material original.

Escrito por:

Ricardo Fernandes