Publicado 09 de Agosto de 2013 - 0h00

Colunista Guto Silveira

Divulgação

Colunista Guto Silveira

Entendidos em política dizem que nenhum governo deve pautar suas ações pela imprensa. Correm o risco de ficar preso às opiniões de jornalistas e de donos de empresas de comunicação. Faz sentido. Por outro lado, não pode deixar de considerar o trabalho da comunicação em assuntos polêmicos. Por fazer de conta que não ouve a imprensa, a prefeita Dárcy Vera (PSD) cometeu um ato que pode ser considerada improbidade administrativa. O governo municipal contrariou teses e leis para receber do Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM) valores pagos a mais. Tudo estaria dentro dos conformes se o prazo de restituição não tivesse prescrito. Agora a Justiça determina a devolução dos valores sob pena de multa do quanto repassado pelo Instituto. Pior, o descumprimento levará à improbidade administrativa dos autores do ato. Além disso, um inquérito civil do Ministério Público vai apurar justamente se o fato representou improbidade. Tudo porque o governo acredita que a imprensa só quer atrapalhar os passos da Administração. Pior que este não é o primeiro caso. A Prefeitura também foi condenada a devolver ao Daerp dinheiro pago por áreas vendidas pelo município. Ou seja, há gente que precisa cair mais de uma vez para perceber que os tombos machucam. Um dia aprendem.

MINUTO DO PAPA

Vai aqui uma correção. Quem disse, na sessão de terça-feira (6) que as justificativas de vetos da Prefeitura merecem um minuto de silêncio não foi o vereador Maurício Gasparini (PSDB), mas Marcos Papa (sem partido). Com tanto vereador querendo criticar a Administração Municipal ao mesmo tempo os equívocos também da imprensa acabam aparecendo.

MINISTRO NA CIDADE

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo (PCdoB), visita Ribeirão Preto nesta sexta-feira (9). Além de conhecer o andamento de projetos da Prefeitura com o Ministério, ele deve assinar com o Botafogo um convênio que estabelecerá uma espécie de intercâmbio entre Brasil e China, para formar novos jogadores de futebol nos dois países.

COMEMORAÇÃO ANTECIPADA

Depois de pressionar e conseguir participar da CEE do Daerp, o vereador Bertinho Scandiuzzi (PSDB) comemorou o fato de não deixar apenas nas mãos de governistas os estudos. Da oposição também participará Maurício Gasparini. Mas não é motivo para festas. Com maioria, os governistas vão dominar os assuntos e apurar apenas o que é de interesse.

CPI DA COHAB

Quem acompanhou a CPI da Cohab sabe o quanto os aliados do governo municipal “gelaram opositores”. A ponto de o próprio Bertinho abandonar o barco, Juntamente com o ex-vereador Gilberto Abreu (PV), que saíram “chutando as portas”. Espera-se que a história não ocorra novamente.