Publicado 13 de Agosto de 2013 - 20h44

Por Renê Moreira/Especial para ANN

A Polícia Militar prendeu nesta terça-feira (13), em Igarapava, o suspeito de cometer um duplo homicídio em Rifaina no último final de semana. Carlos Batista Alves de Oliveira, de 35 anos, foi localizado caminhando pela avenida Mogiana e confessou ter matado Patrícia Raquel da Silva, de 38 anos, e o filho dela, Fabrício da Silva Bonfim, de 15 anos. O acusado alegou ter matado as vítimas na noite de sexta-feira (9), mas os corpos foram encontrados somente na segunda (11). Ele diz que estrangulou a mulher porque ela não quis lhe dar R$ 10 para comprar uma pedra de crack. O adolescente teria visto o crime e tentou correr para o quarto, mas foi alcançado e esfaqueado. Os três residiam em Rifaina havia menos de três meses, sendo provenientes de Campinas. Após o crime, Oliveira fugiu com o Corsa prata da mulher com sentido a Minas Gerais, vindo a negociar o carro com traficantes.

O veículo, com placas de Campinas, foi abandonado na cidade de Delta (MG) por dois desconhecidos instantes depois de dispensarem um corpo que estava no carro. Ao verem a polícia, eles fugiram a pé e não foram alcançados.

Escrito por:

Renê Moreira/Especial para ANN