Publicado 13 de Agosto de 2013 - 14h01

Por Agência Estado

Dos 54 menores que escaparam nessa segunda-feira (12), da Fundação Casa em Itaquera, zona Leste de São Paulo, 32 ainda permanecem foragidos. Nesta terça-feira (13), uma operação conjunta entre as polícias Militar e Civil retomou as buscas pelos adolescentes. Os 22 menores já recapturados pela PM foram reencaminhados à Fundação.

Nessa segunda, mais da metade dos internos de Itaquera fugiram durante uma rebelião, que começou por volta do meio-dia. Os menores que permaneceram na Fundação fizeram 29 funcionários reféns, entre eles o diretor da unidade, Orlando Vieira Mendes, que chegou a ser agredido.

Mais cedo, por volta das 9h, a unidade da Vila Leopoldina, na zona oeste da capital, também enfrentou uma rebelião. Segundo a assessoria de imprensa da Fundação, o motim teve início após uma tentativa de fuga frustrada. Os internos fizeram 12 funcionários reféns. Após três horas, todos foram liberados e ninguém ficou ferido. A Fundação Casa disse que investiga se houve alguma ligação entre os dois casos.

Escrito por:

Agência Estado