Publicado 13 de Agosto de 2013 - 13h51

Por Agência Estado

A família do deputado Natan Donadon (sem partido-RO) não cumpriu o prazo estipulado para deixar o apartamento funcional que ocupa em Brasília. O prazo terminou na segunda-feira (12) à meia-noite e, até o momento, segundo a 4ª secretaria da Câmara, o imóvel não foi devolvido.

Dias depois de Donadon ser preso, a Câmara notificou a família do parlamentar de que deveria deixar o apartamento dentro de 30 dias, prazo que expirou ontem. A Câmara vai agora tentar notificá-los novamente de que devem deixar o imóvel. Caso isso não aconteça, a Advocacia Geral da União (AGU) deverá ser acionada para iniciar um processo de reintegração de posse.

Escrito por:

Agência Estado