Publicado 12 de Agosto de 2013 - 14h33

Por Agência Brasil

Monte Rokatenda, na Ilha Palue, expeliu cinzas a 2 quilômetros de altura,  matando três adultos e duas crianças

France Press

Monte Rokatenda, na Ilha Palue, expeliu cinzas a 2 quilômetros de altura, matando três adultos e duas crianças

Mais de 500 pessoas foram retiradas da pequena ilha indonésia de Palue, onde um vulcão entrou em erupção no fim de semana, expelindo rochas e lavas que causaram cinco mortes na região. O Monte Rokatenda, na Ilha Palue, expeliu cinzas a 2 quilômetros de altura no sábado (10), matando três adultos e duas crianças. As autoridades locais informaram que ainda está em curso o processo de evacuação da área. As cerca de 500 pessoas foram transportadas de barco para abrigos em Maumere, cidade na Ilha das Flores. Dezenas de pessoas ainda permanecem em Palue, recusando-se a deixar suas casas.

Cerca de 3 mil pessoas que vivem em um raio de 3 quilômetros ao redor do vulcão receberam ordens de evacuação.

Escrito por:

Agência Brasil