Publicado 13 de Agosto de 2013 - 7h58

Por France Press

Montanha Mont-Blanc, onde os alpinistas foram atingidos pela avalanche

France Press

Montanha Mont-Blanc, onde os alpinistas foram atingidos pela avalanche

Duas alpinistas italianas morreram em uma avalanche na segunda-feira à noite no Mont-Blanc e os corpos de outros dois alpinistas foram encontrados nesta terça-feira em Ecrins, também nos Alpes franceses. A avalanche do Mont-Blanc, que aconteceu a 4.200 metros de altitude, foi provocada pela queda de blocos de gelo.

O incidente aconteceu perto de seis pessoas que estavam no Mont-Blanc de Tacul, uma área localizada no primeiro trecho de escalada da maior montanha dos Alpes (4.807 metros).

Três alpinistas foram atingidos pela avalanche. Duas italianas morreram e uma terceira pessoa, aparentemente um guia, foi resgatada.

As identidades das vítimas não foram divulgadas.

O grupo havia deixado durante a manhã um acampamento a 3.600 metros de altitude para prosseguir com ascensão.

As equipes de resgate também encontraram nesta terça-feira os corpos de dois alpinistas franceses, um homem e uma mulher com idades por volta de 50 anos, a 3.000 metros de altitude nas montanhas de Ecrins.

Os corpos foram encontrados no fundo de um precipício de 20 metros, na geleira que leva ao topo do monte Muzelle. Os dois estavam desaparecidos desde segunda-feira.

Escrito por:

France Press