Publicado 12 de Agosto de 2013 - 17h32

Por France Press

No poder desde 2005, Stoltenberg explica que quis se aproximar dos cidadãos para ouvir suas preocupações

France Presse

No poder desde 2005, Stoltenberg explica que quis se aproximar dos cidadãos para ouvir suas preocupações

Vários dos passageiros que aparecem em um vídeo de campanha do primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, no qual ele dirige um táxi e conversa com os eleitores, foram selecionados previamente em um "casting" na rua - admitiu o Partido Trabalhista nesta segunda-feira. O vídeo mostra o primeiro-ministro disfarçado, com uniforme e óculos de sol, falando com eleitores anônimos. O material foi publicado a um mês das eleições legislativas, nas quais sua coalizão de centro esquerda pode sair derrotada.

No poder desde 2005, Stoltenberg explica que quis se aproximar dos cidadãos para ouvir suas preocupações.

O tabloide Verdens Gang (VG) revelou nesta segunda que cinco dos 14 passageiros filmados por uma câmera escondida haviam sido previamente selecionados em um "casting" na rua, mas sem saber do que se tratava.

"São cinco pessoas, às quais perguntamos se gostariam de participar de um vídeo para o Partido Trabalhista, e sabiam apenas que iriam tomar um táxi", confirmou à AFP a porta-voz do partido Pia Gulbrandsen.

"Sua espontaneidade era real quando se deram conta de que o taxista era o primeiro-ministro", acrescentou.

Cada pessoa recebeu 500 coroas (cerca de 65 euros) "como sinal de agradecimento", explicou o Partido Trabalhista.

Nenhum dos passageiros pagou a viagem, porque Stoltenberg não tem licença de táxi.

O proprietário da agência de publicidade responsável pelo vídeo, Kjetil Try, ligado ao premier, explicou ao VG que era necessário fazer uma seleção de elenco na rua para ter certeza de que as pessoas estariam disponíveis e para garantir diversidade social.

Stoltenberg continua bastante atrás da direita nas últimas pesquisas para as eleições de 9 de setembro.

Escrito por:

France Press